Indústria Bayer lança OPA de 62 mil milhões de dólares à Monsanto

Bayer lança OPA de 62 mil milhões de dólares à Monsanto

Está em perspectiva um dos maiores negócios do ano e a maior OPA de sempre de uma empresa alemã. A Bayer oficializou a oferta pública de aquisição sobre a Monsanto, com um prémio de 37%.
Bayer lança OPA de 62 mil milhões de dólares à Monsanto
Bloomberg
Nuno Carregueiro 23 de maio de 2016 às 08:25

A Bayer lançou uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a Monsanto, com o objectivo de criar a maior fabricante mundial de produtos químicos para a agricultura e sementes geneticamente modificadas.

 

A companhia alemã colocou em cima da mesa uma oferta de 62 mil milhões de dólares (55 mil milhões de euros), totalmente em dinheiro. Uma proposta que representa um prémio de 37% sobre o preço das acções da Monsanto a 9 de Maio, dia anterior à entrega da oferta da Bayer aos accionistas da Monsanto.

 

A oferta não foi solicitada, mas não é ainda certo se será amigável ou será rejeitada pela gestão da companhia. A Bayer vai concretizar um aumento de capital para financiar a operação, sendo que recorrerá também a financiamento.

 

A concretizar-se, esta será a maior OPA de sempre de uma empresa alemã. E o maior negócio do ano a nível mundial, destronando a oferta de 48 mil milhões de dólares que a chinesa ChemChina ofereceu, em Fevereiro, para comprar a Syngenta.

 

Com a compra da norte-americana Monsanto, a Bayer reforça fortemente a presença no sector da agricultura e também da biotecnologia. A Monsanto é uma das maiores fabricantes de milho e soja nos Estados Unidos.

 

Entre os accionistas da empresa alemã esta ofensiva sobre a Monsanto não tem sido muito bem recebida, já que há receio de que o preço a pagar seja demasiado elevado. As acções da Bayer seguem esta segunda-feira a recuar 2,71% para 87,11 euros e no ano já perderam cerca de um quarto do seu valor.

    




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI