Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CEO da Gant: “Não podíamos continuar a ser o banco da Ricon”

O dono da Ricon nunca cumpriu os planos de pagamento e acumulou uma dívida superior a quatro milhões de euros. O presidente da Gant critica o falido empresário português e conta ao Negócios por que assumiu as perdas.

Cedida pela Gant
António Larguesa alarguesa@negocios.pt 27 de Março de 2018 às 23:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

"Eu vou à bancarrota, a menos que assumam todos os empréstimos ou concordem com a entrada de outro investidor". Foi com esta confissão de Pedro Silva, que detinha a Ricon, que os suecos da Gant decidiram deixar cair o grupo português, com quem tinham um acordo industrial e de distribuição do vestuário no mercado português. O CEO Patrik Nilsson lamenta as perdas dos trabalhadores, de reputação e nas vendas da marca em Portugal,

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Gant Patrik Nilsson Ricon Pedro Silva falência indústria comércio têxtil vestuário Famalicão
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias