Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Coca-Cola fecha 2015 em alta e surpreende analistas

A gigante das bebidas vai continuar a levar em frente o seu plano de redução de custos. A alienação do negócio de engarrafamento vai ser acelerada.

3ª Coca-Cola marca avaliada em 70,423 milhões de dólares (62,80 milhões de euros)
Bloomberg
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 09 de Fevereiro de 2016 às 18:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Coca-Cola superou as expectativas dos analistas ao apresentar os lucros do seu último trimestre esta terça-feira, 9 de Fevereiro. Já tinha sido assim no trimestre anterior.

Nos últimos quatro meses de 2015 o seu lucro subiu para os 1,24 mil milhões de dólares (1,1 mil milhões de euros). No período homólogo, o indicador tinha-se ficado pelos 770 milhões (680 milhões de euros).


A adopção de preços mais altos bem como a redução de custos na empresa e no preço das matérias-primas acabaram por ditar este resultado. No período analisado, as vendas cresceram sobretudo no segmento das bebidas sem gás, como água, chá ou sumo.


Com este balanço, a Coca-Cola fecha também as contas de 2015. O lucro anual cresceu 3% face a 2014, fixando-se nos 7,4 mil milhões de dólares (6,5 mil milhões de euros), mesmo com uma quebra nas vendas.


A Coca-Cola irá agora acelerar a venda das suas operações de engarrafamento, uma medida que os analistas aplaudem.


A empresa tem como objectivo reduzir os custos anuais em três mil milhões de dólares até 2019. A meta será atingida através da redução de postos de trabalho e venda de operações e fábricas de engarrafamento.

Ver comentários
Saber mais Coca-Cola economia negócios e finanças macroeconomia grandes empresas bebidas
Outras Notícias