Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

GSK investigada por fraude no Reino Unido

A investigação junta-se a outras acusações de fraude sobre a farmacêutica. Os contornos não foram tornados públicos, mas as autoridades britânicas mostram-se abertas a qualquer “informação privilegiada” que possa chegar.

Bloomberg
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 28 de Maio de 2014 às 14:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK) está a ser alvo de uma investigação criminal por fraude no Reino Unido, segundo informa esta quarta-feira, 28 de Maio, a agência Reuters. A situação junta-se à lista de casos de fraude que a empresa já enfrenta noutros países, entre eles a ChinaPolónia.

 

O Serious Fraud Office (SFO), departamento do Governo britânico dedicado à investigação de situações de fraude, anunciou na terça-feira, 27 de Maio que tinha "aberto uma investigação criminal às práticas comerciais da GlaxoSmithKline e suas filiais", confirmando assim uma informação prévia fornecida pela farmcêutica.

 

"A GSK está comprometida em operar o seu negócio com os mais altos padrões éticos, estando disposta a colaborar totalmente com o SFO", tinha já afirmado a companhia, citada pela Reuters.

 

À agência noticiosa, nem a farmacêutica nem as autoridades britânicas quiserem entrar em detalhes sobre o caso de fraude que está a ser investigado. Contudo, o SFO mostrou-se disponível para receber qualquer tipo de "informação privilegiada" que possa estar ligada a estas suspeitas.

 

Como reflexo deste anúncio, as acções da maior farmacêutica britânica cairam 1,5% na manhã desta quarta-feira, mostra a Reuters.

Ver comentários
Saber mais GlaxoSmithKline GSK Reino Unido Serious Fraud Office SFO Governo crime lei e justiça indústria e produtos químicos economia negócios e finanças
Mais lidas
Outras Notícias