Conjuntura Indústria regista o pior desempenho desde 2016

Indústria regista o pior desempenho desde 2016

O crescimento do volume de negócios da indústria estagnou, em Março, muito devido à quebra do mercado externo. O mercado nacional continuou a crescer, mas a um ritmo bastante inferior.
Indústria regista o pior desempenho desde 2016
Sara Antunes 10 de maio de 2018 às 12:05

O índice de volume de negócios da indústria registou uma variação nula, em Março, quando comparado com o mesmo período do ano passado, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE) esta quinta-feira, 10 de Maio. Em Fevereiro este indicador tinha registado um aumento de 6,8%.

 

Este comportamento observado em Março foi o pior desde Outubro de 2016, mês em que o volume de negócios da indústria caiu mais de 4%. Desde então só houve um mês com um crescimento inferior a 2%: Abril de 2017, marcado pela Páscoa. E terá sido este evento que explica parte da travagem do volume de negócios este ano. A Páscoa foi a 1 de Abril, com a sexta-feira santa a 30 de Março.

 

Por mercados, o grande responsável por este desempenho foi o mercado externo, onde foi observado uma quebra de 2,3%, quando no mês anterior se tinha verificado um aumento de 6%. Mas não foi o único. O mercado nacional cresceu 1,7%, o que também representa uma travagem brusca face a Fevereiro, mês em que houve um aumento de 7,4%.

 

Por segmentos, os bens intermédios e os bens de consumo registaram quebras de 5,6% e 3,7%, respectivamente. Já os bens de investimentos cresceram 12%, o que apesar de ser um ritmo elevado representa também uma travagem já que nos dois meses anteriores o aumento tinha sido superior a 23%. A energia ajudou a travar o mau desempenho, tenho aumentado 5,8%, quando em Fevereiro tinha crescido apenas 0,4%.

 

No acumulado do primeiro trimestre, o índice de volume de negócios cresceu 3,4%, o que representa o pior registo desde o quarto trimestre de 2016, quando se verificou um aumento de 2,8%.


Estes dados juntam-se a outros indicadores que apontam para um abrandamento da economia nacional face ao ano passado.

 

Ainda esta quinta-feira, o INE revelou os dados das exportações de bens e serviços tendo reportado uma queda das exportações em Março, o que aconteceu pela primeira vez desde Agosto de 2016. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI