Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Indústria de engenharia alemã em greve por aumentos salariais de 5,5%

Os trabalhadores pararam durante uma hora no turno da noite e protestaram em frente às fábricas. Sindicato recusa aumento de 2,2%, reclamando 5,5%.

Reuters
  • Partilhar artigo
  • 13
  • ...

Mais de três mil trabalhadores de 15 empresas de engenharia alemãs pararam esta noite durante uma hora e protestaram em frente às fábricas, reclamando aumentos salariais de 5,5%, de acordo com a informação divulgada pelo sindicato do sector, IG Metall.

 

Entre as empresas afectadas estão a BMW e a Daimler, segundo revela a agência Reuters.

 

O sindicato, que representa 3,7 milhões de trabalhadores, recusou uma proposta de aumento de 2,2% a partir de Março, reclamando uma subida de 5,5% com efeitos retroactivos a Janeiro, argumentando que o "sólido" crescimento económico do país justifica a proposta. São esperadas outras greves nas próximas semanas.

 

Paralelamente, o pessoal de segurança de pequenos aeroportos em Dusseldorf e Colónia também está em greve, o que levou ao cancelamento de 205 voos no primeiro caso e de 530 no segundo.

Ver comentários
Saber mais Greve Alemanha Indústria aumentos salariais inflação.
Outras Notícias