Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Kemet Electronics anula despedimento colectivo de 154 trabalhadores em Évora

A multinacional norte-americana Kemet Electronics anulou o processo de despedimento colectivo de 154 trabalhadores da fábrica de Évora e a deslocalização de parte da produção para o México, disse hoje fonte sindical.

Lusa 14 de Janeiro de 2013 às 19:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O delegado sindical e dirigente do Sindicato das Indústrias Eléctricas do Sul e Ilhas (SIESI), Hugo Fernandes, revelou à Agência Lusa que os trabalhadores da unidade fabril receberam, "esta manhã, um comunicado" da administração "a dizer que anulavam o processo do despedimento colectivo".

 

"Os trabalhadores congratulam-se com o recuo da administração", afirmou o sindicalista.

 

No entanto, realçou, o documento "deixa no ar a hipótese" de a multinacional "desencadear um novo processo" de despedimento colectivo, "noutra altura".

O delegado sindical disse, pois, que vai exigir à administração da fábrica "uma reunião o mais breve possível", para informar os trabalhadores sobre quais as perspectivas da actividade da unidade fabril para o futuro.

 

A Lusa contactou a administração da fábrica de Évora da Kemet Electronics, mas nenhum responsável se mostrou disponível para confirmar a decisão de suspender o despedimento colectivo ou para prestar declarações.

 

A administração da unidade alentejana tinha informado os sindicatos, no final de Novembro, sobre a sua intenção de avançar com o despedimento colectivo de cerca de metade dos trabalhadores, num total de 154, e deslocalizar a produção de condensadores de tântalo para o México.

 

Os trabalhadores já tinham agendado uma greve para quinta e sexta-feira desta semana, contra o despedimento colectivo, tendo o sindicalista revelado hoje que o pré-aviso se mantém.

 

Os funcionários, disse, vão reunir em plenário na primeira hora do turno, nesses dois dias, para discutir qual será a sua posição perante a decisão da administração.

A fábrica de Évora da Kemet Electronics, que emprega cerca de 320 trabalhadores, produz condensadores de tântalo para telemóveis e para a indústria automóvel.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias