Indústria Mello confia na gestão da Efacec

Mello confia na gestão da Efacec

“Mantemos a confiança na empresa e na equipa de gestão", afirmou ao Negócios fonte oficial do Grupo José de Mello, que divide a meias com a TMG a sociedade que detém cerca de 28% do capital da Efacec, empresa controlada por Isabel dos Santos.
Mello confia na gestão da Efacec
Isabel dos Santos visitou a Efacec a 5 de fevereiro de 2018, onde foi recebida de forma apoteótica e recebeu rasgados elogios de Caldeira Cabral, o então ministro da Economia.
Ricardo Castelo
Rui Neves 22 de janeiro de 2020 às 10:21

Os grupos José de Mello e TMG, que em 2015 celebraram a entrega de mais de dois terços do capital da Efacec a uma sociedade controlada por Isabel dos Santos, não surgem alinhados na reação pública à investigação ao império da empresária angolana.

 

"Enquanto acionistas minoritários, com uma participação de cerca de 14% e sem representação na comissão executiva, acompanhamos de perto a evolução da atividade da Efacec e mantemos a confiança na empresa e na equipa de gestão", afirmou ao Negócios fonte oficial do Grupo José de Mello.

 

De resto, rematou, "nada temos a comentar sobre notícias relativas a outros acionistas".

 

Já o grupo TMG, que divide a meias com o Mello a MGI Capital, sociedade que detém cerca de 28% da Efacec, mantém-se mudo sobre o assunto, tendo escolhido esta terça-feira para anunciar que adquiriu, em consórcio com a britânica Carrington, a alemã Melchior Textil, que pertencia a um grupo fundado em 1816.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI