Indústria Syngenta recusa oferta de aquisição da Monsanto

Syngenta recusa oferta de aquisição da Monsanto

Podia ser uma fusão de 45 mil milhões de dólares (40 mil milhões de euros), mas acabou poucas horas depois de ter começado. A Monsanto fez uma oferta de compra pela suíça Syngenta que esta sexta-feira, 8 de Maio, de manhã rejeitou.
Syngenta recusa oferta de aquisição da Monsanto
Reuters
Negócios 08 de maio de 2015 às 08:37

A oferta da Monsanto, empresa do sector da agricultura e biotecnologias, conhecida pelas sementes, pela rival Syngenta foi conhecida esta madrugada. E às primeiras horas do dia a companhia suíça de sementes e agrícola, rejeitou a oferta, o que levou as suas acções a subirem.

 

A Monsanto ofereceu 45 mil milhões de dólares, um prémio de 35% face à cotação de fecho anterior da Syngenta. A Syngenta deixou, no entanto, a porta entreaberta, já que, segundo a Bloomberg, admitiu analisar nova oferta ou iniciar negociações.

 

A Syngenta explicou que a oferta da Monsanto não reflecte as projecções de crescimento da companhia suíça, além de subestimar os riscos significativos de execução da operação, devido às questões regulatórias.

 

Citado pelo Financial Times, o presidente da Syngenta, Michel Demaré, explicou que a cotação da empresa está, neste momento, desvalorizada devido à evolução do franco suíço, no entanto, "os lançamentos recentes de novos produtos estão a atingir rapidamente crescimentos nas vendas, devido à forte procura por novas tecnologias. Além disso temos um forte 'pipeline' de inovações de produtos para protecção de culturas em desenvolvimento, que garantem um potencial de vendas de mais de três mil milhões de dólares".

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI