Indústria Trabalhadores de fábrica de papel da Navigator iniciam no domingo greve de 4 dias

Trabalhadores de fábrica de papel da Navigator iniciam no domingo greve de 4 dias

Os trabalhadores da fábrica de papel ATF, da Navigator, em Setúbal, iniciam no próximo domingo uma greve de quatro dias reclamando aumentos salariais de 3% e a revisão das carreiras.
Trabalhadores de fábrica de papel da Navigator iniciam no domingo greve de 4 dias
Lusa 08 de abril de 2019 às 21:21
Os trabalhadores da fábrica de papel ATF, da Navigator, em Setúbal, vão fazer uma greve de quatro dias a partir de domingo, em defesa de melhores salários e carreiras, disse esta segunda-feira fonte sindical.

Eduardo Florindo, coordenador do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul (SITE SUL), disse à agência Lusa que os cerca de 600 trabalhadores da ATF, do Grupo The Navigator Company, "decidiram avançar para a greve porque a empresa não responde favoravelmente às suas reivindicações".

"Com esta greve de quatro dias, os trabalhadores vão provavelmente parar a fábrica", afirmou o sindicalista.

A empresa propôs aumentos salariais de 2%, mas os trabalhadores pretendem uma subida de 3%, que garanta um mínimo de 30 euros a cada um, a revisão das carreiras e a redução do horário de trabalho.

Os trabalhadores da ATF, que se localiza no complexo de Mitrena, Setúbal, já tinham marcado uma greve ao trabalho suplementar, com início às 00:00 de terça-feira, com duração por tempo indeterminado.

Para terça-feira está marcada uma concentração de trabalhadores em frente ao Hotel Ritz, em Lisboa, onde se realiza a assembleia-geral de acionistas do grupo empresarial.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI