Indústria "Venezuelano" senta-se na cadeira da falida Moviflor
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

"Venezuelano" senta-se na cadeira da falida Moviflor

Filho de emigrantes, conheceu a mulher na Queima das Fitas, construiu um “hostel” em Coimbra e não resiste a um bom leitão. Conheça o vendedor de materiais de construção que está a relançar a histórica marca de mobiliário.
"Venezuelano" senta-se na cadeira da falida Moviflor
Bruno Colaço/Correio da Manhã
António Larguesa 26 de agosto de 2015 às 21:13

Dez mil euros foi o que custou a José Manuel Reis comprar a marca e o logotipo da Moviflor, empresa de mobiliário e decoração fundada há quatro décadas por Catarina Remígio, que faliu com dívidas

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub