Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Volume de negócios na indústria cresce em Outubro suportado pelo mercado interno

O índice de volume de negócios na indústria registou, em Outubro, um aumento homólogo de 2,2%. Esta evolução foi suportada pelas vendas nacionais, que passaram de uma diminuição de 0,4% em Setembro para um crescimento de 2,9% em Outubro.

Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 10 de Dezembro de 2014 às 12:26
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

O índice de volume de negócios na indústria teve um crescimento homólogo nominal de 2,2% em Outubro, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta quarta-feira, 10 de Dezembro. Esta evolução reflecte um crescimento face ao mês anterior, altura em que este indicador situava-se nos 0,7%. O gabinete de estatística aponta que o comportamento registado em Outubro "foi determinado pelo índice do mercado nacional, cuja variação homóloga passou de -0,4% em Setembro para 2,9% em Outubro".

 

Por outro lado, o mercado externo registou um aumento de 1,2%. No mês anterior, o indicador relativo às vendas ao estrangeiro registou um crescimento de 2,1%. "Os índices dos agrupamentos de Bens de Investimento e de Bens Intermédios determinaram a evolução do índice agregado, ao passarem de variações de 9,9% e de -0,7% em Setembro, respectivamente, para 20,9% e 2,4% em Outubro. Os índices dos agrupamentos de Bens de Consumo e de Energia apresentaram diminuições de 2,9% e de 2,0%, mais intensas em 1,4 pontos percentuais (p.p.) e em 1,9 p.p que as observadas em Setembro", descreve o INE.

 

Em relação ao mercado nacional, o agrupamento dos Bens de Investimento, que apresentou uma variação de 22,6% em Outubro face aos 8,7% registados no mês anterior, e da Energia, que registou uma variação de 5% que contrasta com os -2,7% em Setembro, foi determinante para o comportamento.

 

Quanto ao mercado externo, sustenta o INE, que "os índices dos agrupamentos de Bens Intermédios e de Bens de Investimento registaram crescimentos de 4,7% e de 20,1% respectivamente (variações de -2,0% e de 10,5% do mês anterior, pela mesma ordem)". "Pelo contrário, o índice do agrupamento de Energia passou de um aumento de 12,4% em Setembro para uma diminuição de 25,4% em Outubro, determinando o comportamento do índice deste mercado", acrescenta o gabinete de estatística. 

Ver comentários
Saber mais Instituto Nacional de Estatística Volume de negócios na indústria
Outras Notícias