Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CGI: Se o conselho de administração da RTP não tem um projecto aprovado, não percebemos como continua em funções

"O accionista declarou não ter confiança no Conselho de Administração [da RTP]. O órgão de supervisão [CGI] declarou o plano estratégico inaceitável. O Conselho de Administração não tem qualquer apoio", afirmou António Feijó, presidente do Conselho Geral Independente, órgão que no início deste mês pediu a destituição da administração da RTP.

Bruno Simão/Negócios
Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 16 de Dezembro de 2014 às 17:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

"Não invocamos qualquer falha grave do Conselho de Administração. Apenas constatamos que o projecto apresentado é débil e que o Conselho de Administração deixou de preencher os requisitos necessários para exercer as suas funções", afirmou o presidente do Conselho Geral Independente na Comissão de Ética.

 

O CGI propôs a destituição do Conselho de Administração da RTP após ter chumbado uma segunda versão do plano estratégico apresentada pela equipa de Alberto da Ponte. O presidente do órgão de supervisão nega que a proposta de destituição tenha alguma coisa a ver com a proposta de aquisição dos direitos televisivos da Liga dos Campeões. 

 

No entanto, António Feijó fez questão de sublinhar que no plano estratégico apresentando a 17 de Novembro - dois dias antes de ser noticiado que a RTP tinha oferecido 18 milhões pelos direitos televisivos da liga milionária - não tinha qualquer referência a este negócio. "A deslealdade [do Conselho de Administração da RTP] está na ocultação de um negócio importante", afirmou António Feijó, recusando fazer qualquer comentário sobre o negócio em si.

 

Na audição do Conselho Geral Independente, que se seguiu à do Conselho de Administração, o presidente deste órgão, António Feijó, afirmou que os "montantes que aparecem no estudo para justificar a compra [dos direitos televisivos da Liga dos Campeões], não são os mesmos montantes que nos foram transmitidos pelos directores de informação e programas".

 

Ver comentários
Saber mais Conselho de Administração presidente do Conselho Geral Independente Comissão de Ética media António Feijó RTP
Mais lidas
Outras Notícias