Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Gonçalo Reis: "A média dos salários na RTP é o dobro da nacional"

O presidente do conselho de administração da RTP, Gonçalo Reis, revelou que a média salarial na empresa é de 2.300 euros, “o dobro da nacional”. Salários que o gestor considera “bastante aceitáveis”.

Bruno Simão/Negócios
  • Assine já 1€/1 mês
  • 32
  • ...

O presidente do conselho da administração da RTP, Gonçalo Reis, considera que os salários que a empresa paga "são bastante aceitáveis", tendo em conta que a média, retirando da amostra a administração, é de 2.300 euros por trabalhador, disse durante a audição no Parlamento.

 

As afirmações do gestor seguiram-se às questões dos deputados sobre o ponto de situação do Acordo de Empresa, que está a ser discutido com os sindicatos, e aos planos de reestruturação de pessoal da nova administração, que tomou posse em Fevereiro.

 

Gonçalo Reis detalhou ainda que os números avançados, dos salários dos trabalhadores da RTP, "são o dobro da média nacional", que ronda os 1.100 euros. Além disso, segundo o gestor, 98% dos trabalhadores da estação pública ganham mais de mil euros.

 

Recentemente, o facto de as remunerações de Gonçalo Reis e de Nuno Artur Silva (administrador com o pelouro dos conteúdos) serem superiores às do primeiro-ministro, no âmbito do regime de excepção da tabela remuneratória definida no estatuto do gestor público, geraram alguma confusão.

 

Quanto às negociações com os sindicatos, sobre no Acordo da Empresa, Gonçalo Reis sublinhou que as propostas apresentadas pela administração da RTP "são mais generosas do que aquelas que estavam em cima da mesa".

 

Cristina Vaz Tomé, administradora com o pelouro financeiro detalhou ainda que nas conversações que têm mantido com os sindicatos estão em cima da mesa temas como a progressão de carreiras e sobre o suplemento de reformas.

 

"A empresa gostaria que fosse implementando um sistema de avaliação", eliminando, por exemplo a cláusula de progressão automática. "Estamos tentar chegar a um equilíbrio", acrescentou.

 

"Reatámos as negociações, e realizámos diálogos individuais com vários sindicatos. As conversas que tivemos foram para pedir um bocadinho de sensibilidade", explicou Cristina Vaz Tomé. 

 

O Conselho de Administração da RTP foi ouvido esta quarta-feira, 17 de Junho, no Parlamento no âmbito da discussão do relatório e contas de 2014 e plano de actividades e orçamento de 2015 da estação pública.

Ver comentários
Saber mais RTP Gonçalo Reis Acordo de Empresa Nuno Artur Silva Cristina Vaz Tomé
Outras Notícias