Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Impresa acumula lucros de 2 milhões de euros até Setembro

A Impresa teve um resultado líquido de 2,06 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano.

Filipe Pacheco filipepacheco@negocios.pt 28 de Outubro de 2010 às 17:18
  • Partilhar artigo
  • ...
A Impresa teve um resultado líquido de 2,06 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, o que representa um crescimento de 728% em relação aos 249 mil euros do período homólogo de 2009.

Nos resultados anunciados hoje pela empresa, o grupo presidido por Francisco Pinto Balsemão teve uma redução de 10,9% na dívida líquida, que se fixou em Setembro nos 229,2 milhões de euros. Em Setembro de 2009, a dívida do grupo Impresa era de 257,3 milhões de euros.


O grupo Impresa registou receitas de 193,9 milhões de euros entre Janeiro e Setembro de 2010, o que, comparado com os 180,9 milhões de euros de igual período de 2009, representa um crescimento de 7,2%. No entanto, o grupo presidido por Francisco Pinto Balsemão teve um resultado líquido negativo de 1,3 milhões de euros no terceiro trimestre de 2010, o que compara com os 2,4 milhões de euros positivos de igual período de 2010.

O EBITDA nos primeiros nove meses do ano foi de 17,9 milhões de euros, o que compara com os 17,3 milhões de euros de igual período de 2009. No terceiro trimestre de 2010, o EBITDA da holding de media foi 3,3 milhões de euros, tendo descido 57,7% em relação aos 7,9 milhões de euros do trimestre homólogo de 2009.

A SIC generalista e os canais temáticos captaram receitas de 122,8 milhões de euros durante os primeiros nove meses de 2010, tendo crescido 10,8% face aos 110,8 milhões de euros do ano anterior. Em publicidade, os canais da SIC tiveram um encaixe de 73,5 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, o que espelha um crescimento de 14,3% em relação aos 64,3 milhões de euros do período homólogo de 2009. Os custos operacionais dos canais de televisão foram de 110,7 milhões de euros entre Janeiro e Setembro de 2009, o que representa um crescimento de 11,5% em relação aos 99,3 milhões de euros de 2009.

Em publicidade, a principal fonte de receitas do grupo, a holding de media teve, durante os primeiros meses do ano, proveitos de 106,4 milhões de euros. Este valor, comparado com os 97,4 milhões de euros do período homólogo de 2009, reflecte uma subida de 9,2%. No terceiro trimestre de 2010, as receitas publicitárias de todas as áreas de negócio do grupo foram de 30,9 milhões de euros, o que representa uma subida de 3,2% face aos cerca de 30 milhões de euros do período homólogo de 2009.

Ver comentários
Outras Notícias