Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Miguel Relvas: RTP África deve fazer “permutas de conteúdos” com outras televisões lusófonas

A RTP África deve ter “estratégias de produção comuns” com os outros países de língua portuguesa. Esta posição é defendida por Miguel Relvas num artigo de opinião publicado hoje no Jornal de Angola, Diário do Comércio (Brasil) e ao longo da semana em O País (Moçambique), Diário nacional (Timor-Leste) A Semana (Cabo Verde) e Jornal Hoje Macau (China).

Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 13 de Março de 2013 às 12:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

No artigo o ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, que tem a tutela da comunicação social defende, além de produções comuns, a “permuta de conteúdos” e as “sinergias técnicas”.

 

“No momento em que se procede à reestruturação da RTP reitero a importância estratégica da RTP África e da RTP Internacional. Desta forma, entendemos que contribuímos para o dever comum de defesa e promoção de uma língua falada em todos os continentes”, escreve. No caso da RTP Internacional, defende Miguel Relvas, “não bastará levar imagens e notícias de Portugal”. É preciso, acrescenta o ministro, que o canal reflicta “o quotidiano, as aspirações e as vivências dos emigrantes e luso-descendentes nas sociedades em que se encontram inseridos”.

 

Quanto ao posicionamento da RTP África, Miguel Relvas salienta que o objectivo passa, sobretudo, por “estimular as produções autónomas, com diversos centros de cultura e de decisão, privilegiando o intercâmbio artístico e destacando as vastas potencialidades económicas de cada Estado-membro.

 

Sempre com uma palavra-chave a servir-nos de mote: cooperação.” Neste contexto, acrescenta, é necessário “dar passos seguros no sentido de intensificar a permuta de conteúdos entre as televisões de serviço público de cada país, traçar estratégias de interesses comuns, de produção conjunta e unir sinergias capazes de abranger todo o espaço de intervenção deste canal”.

 

(Correcção: Inicialmente referia-se que o artigo tinha sido publicado no jornal Ponto Final (Macau), quando se tratava do Jornal Hoje Macau)

Ver comentários
Saber mais Miguel Relvas RTP África
Mais lidas
Outras Notícias