Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Correio da Manhã" reforça liderança com subida de 7%

O "Correio da Manhã" reforçou a liderança no mercado da imprensa, ao registar um crescimento homólogo de 7% na média de circulação paga dos primeiros oito meses de 2010.

Filipe Pacheco filipepacheco@negocios.pt 28 de Outubro de 2010 às 16:05
  • Partilhar artigo
  • ...
Segundo dados da Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT), o título da Cofina (grupo detentor do Negócios) teve uma média de circulação paga de 126.269 exemplares entre Janeiro e Agosto de 2010. Em igual período de 2009, a média de circulação paga do “CM” foi de 117914.

Os restantes diários nacionais - nomeadamente o “JN”, que é o segundo diário com mais vendas do mercado - sofreram uma quebra na sua circulação paga. O “Jornal de Notícias”, que nos primeiros oito meses de 2009 teve uma média de circulação paga de 94.233, registou em igual período de 2010 uma média de 85.182 exemplares (-9,60%) . O “Público” caiu de uma média de 38.592 para os 33.606 exemplares de circulação paga, o que corresponde a uma quebra de 12,9%. Já o “DN”, que teve uma descida homóloga de 15,10%, acabou os primeiros oito meses de 2010 com uma média de circulação paga de 30719. O “i” fixou-se numa média de circulação paga de 10.845 exemplares.

Nos semanários, o “Sol” registou um crescimento homólogo de 9,87%, tendo vendido, entre Janeiro e Agosto de 2010, uma média de 47.078 exemplares. O incremento das vendas do Semanário deve-se, sobretudo, ao desempenho no período de Fevereiro, altura em que foram publicadas as escutas do processo Face Oculta e o jornal teve uma média de circulação paga de 95.083 exemplares. Em Julho e Agosto, a média de circulação paga do “Sol” situa-se à volta dos 35 mil exemplares. Já o “Expresso” mantém a liderança do segmento, com uma média de circulação paga de 110.816 exemplares entre Janeiro e Agosto de 2010. No entanto, o semanário da Impresa desce 1% face ao período homólogo de 2009, quando vendeu 111.816 exemplares.

No segmento de economia, o Jornal de Negócios registou uma média de circulação paga de 9.487 exemplares nos primeiros oito meses de 2010 (- 0,79%), quando em igual período de 2009 teve 9.563. O “Diário Económico” teve uma subida homóloga de 1,58%. Entre Janeiro e Agosto, o título de economia da Ongoing teve uma média de circulação paga de 15.134, o que compara com os 14.899 mil exemplares de igual período de 2010.

A revista “Visão” obteve, entre Janeiro e Agosto de 2010, uma média de circulação paga de 103.554, tendo crescido 0,74% em relação à média de circulação paga de 102.796 de igual período de 2009. Já a “Sábado” registou uma descida homóloga de 5,26%. Entre Janeiro e Fevereiro de 2010, o título da Cofina teve uma média de circulação paga de 74.388, quando no período homólogo de 2009 esse registo foi de 78.515.

Ver comentários
Saber mais jornais Correio da Manhã Negócios 8 meses de 2010
Outras Notícias