Media Sede do JN vai ser convertida num hotel de luxo da Marriott

Sede do JN vai ser convertida num hotel de luxo da Marriott

Vai chamar-se Hotel Jornal e terá 213 quartos, num investimento da ordem dos 40 milhões de euros, anunciou a dona do edifício, a macaense KNJ, que possui 40,5% da Global Media, grupo que detém o Jornal de Notícias, o Diário de Notícias, a TSF e O Jogo, entre outros títulos.
Sede do JN vai ser convertida num hotel de luxo da Marriott
Sónia Caldas / Correio da Manhã
Rui Neves 12 de novembro de 2019 às 11:56

O edifício-sede do Jornal de Notícias (JN), no Porto, vai transformar-se num Autograph Collection by Marriott, a assinatura dos hotéis de luxo desta cadeia internacional, assumindo o nome de Hotel Jornal, para honrar a tradição da atividade jornalística do espaço e perpetuar a imagem icónica do imóvel.

 

O acordo para a construção do hotel deverá ser assinado esta terça-feira, 12 de novembro, revelou o empresário Kevin Ho King Lun à Agência de Notícias de Macau (MNA).

 

"Trata-se de um investimento de 35 a 40 milhões de euros (280 a 320 milhões de patacas) para este hotel com 213 quartos", adiantou Kevin Ho (sobrinho do antigo chefe do governo macaense Edmund Ho), proprietário da KNJ, a empresa dona da Global Media, grupo que detém o Jornal de Notícias, o Diário de Notícias, a TSF e O Jogo, entre outros títulos.

 

"O turismo não é a única coisa que floresce em Portugal, é toda a economia, é um dos locais mais inovadores da Europa. O país vai estar ainda melhor no futuro", disse Ho à agência noticiosa macaense.

 

O edifício-sede do JN, situado na Rua de Gonçalo Cristovão, data dos anos 60 e é composto por 17 pisos.

 

Redação dos títulos da Global Media vai mudar-se para a antiga "Garagem Fiat"

 

A redação da Global Media no Porto vai mudar-se para um imóvel que o grupo adquiriu na Rua de Latino Coelho, na zona oriental da cidade.

 

Conhecido como "Garagem Fiat", mas também como "Edifício Quattroruote", nome de um antigo concessionário daquela marca, o devoluto imóvel terá ainda que sofrer obras de adaptação para as novas funções.

 

A aquisição do "Edifício Quattroruote", com uma área global de 5.700 metros quadrados, foi uma das maiores operações realizadas no ano passado no mercado de escritórios do Porto. O imóvel, que foi projetado pelo já falecido arquiteto Artur Andrade, o mesmo do Cinema Batalha, foi inaugurado no princípio dos anos 50 do século passado. Trata-se de um edifício que, à época, tentava compatibilizar a irrupção do automóvel e suas funcionalidades com o fenómeno de habitação coletiva.

 

Antes do edifício-sede do JN, a Global Media tinha já vendido o também icónico do DN, na Avenida da Liberdade, em Lisboa, por cerca de 20 milhões de euros. O novo proprietário, a promotora imobiliária Avenue, está a transformar este emblemático imóvel num complexo residencial de luxo, com 34 apartamentos distribuídos por cinco pisos e 47 lugares de estacionamento subterrâneo.

 


(Notícia em atualização)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI