Media Sport TV justifica decisão de sair da Nowo com falta de pagamentos da operadora

Sport TV justifica decisão de sair da Nowo com falta de pagamentos da operadora

A Sport TV diz que o contrato com a Nowo terminou em Julho e que, apesar da "elevada dívida" por liquidar, aceitou continuar a fornecer os seus serviços até ontem, para não penalizar os clientes.
Sport TV justifica decisão de sair da Nowo com falta de pagamentos da operadora
Paulo Calado/Record
Rita Faria 09 de novembro de 2018 às 12:07

A Sport TV justificou esta sexta-feira, 8 de Novembro, a sua decisão de sair da Nowo com a "elevada dívida" que a antiga Cabovisão tem para com a empresa de canais desportivos.

 

O argumento contraria a explicação dada pela Nowo, que acusou a Sport TV de ter cancelado de forma unilateral os seus serviços, porque a operadora não aceitou as novas condições apresentadas pela fornecedora de conteúdos, nomeadamente uma subida de 15% nos custos dos seus serviços.

 

"A Sport TV vem dar conhecimento que, desde as 00h00 do dia 9 de Novembro, viu-se forçada a interromper os seus serviços ao seu parceiro Nowo, por falta de acordo entre as partes", explica a Sport TV em comunicado.

 

A empresa liderada por Nuno Ferreira Pires explica que o contrato da Sport TV com a Nowo terminou em Julho de 2018 e que, apesar das negociações para renovação entre as duas entidades terem sido iniciadas seis meses antes – em Fevereiro  - não foi possível chegar a um novo acordo.

 

Segundo a Sport TV, depois do fim do contrato, e apesar da "elevada divida vencida que a Nowo tinha já nessa data perante a empresa, e que continua por liquidar", a empresa concordou em manter o serviço, desde 1 de Agosto até dia 8 de Novembro, "no sentido de não prejudicar os clientes".

 

"No entanto, apesar desta cedência e do nosso serviço ter sido sempre assegurado, não houve até hoje qualquer pagamento da Nowo à Sport TV, seja por conta da dívida referente ao contrato antigo e já terminado, seja por conta dos serviços posteriores prestados até 8 de Novembro de 2018. Durante todo o período em dívida, a Nowo continuou a cobrar aos seus clientes os serviços da Sport TV", denuncia.

 

Lamentando a situação, a empresa diz que continua empenhada em restabelecer o serviço dos seus seis canais aos clientes da Nowo "assim que a operadora pretenda ultrapassar a actual situação".




Saber mais e Alertas
pub