Media Um ano antes das eleições, PSD prepara canal de televisão no cabo

Um ano antes das eleições, PSD prepara canal de televisão no cabo

O Correio da Manhã avança que o Partido Social Democrata pediu à Nos um estudo técnico para lançar um canal de televisão corporativo, que seria acessível aos militantes com quotas pagas.
Um ano antes das eleições, PSD prepara canal de televisão no cabo
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 23 de junho de 2014 às 11:58

O Partido Social Democrata está interessado em avançar com um canal de televisão por cabo. Uma intenção que é mostrada através de um estudo pedido à operadora Nos, antiga Zon Optimus, noticia esta segunda-feira, 23 de Junho, o Correio da Manhã.

 

Na quinta-feira, 26 de Junho, o estudo técnico para o lançamento de um canal de televisão corporativo no cabo, a que apenas os militantes com as quotas em dia deverão ter acesso, será apreciado numa reunião entre o secretário-geral do partido, José Matos Rosa, e os vários vice-presidentes.

 

Até aqui, existe já uma PSD TV mas apenas disponível na internet. O objectivo é levá-la para a televisão, segundo confirmou o partido ao Correio da Manhã. "Estamos em negociações com a Nos, porque é a operadora que tem um protocolo com o PSD, mas iremos falar com os outros operadores Meo e Cabovisão", disse fonte oficial àquele jornal.

 

A acontecer, a criação de tal canal, cuja programação deverá incluir conteúdos históricos (este ano comemoram-se os 40 anos do partido), entrevistas e cobertura de eventos ao vivo, irá ocorrer um ano antes das eleições legislativas marcadas para 2015.

 

Segundo o Correio da Manhã, há ainda outros dois aspectos em estudo dentro do partido liderado por Pedro Passos Coelho: como é que se financiará o novo canal; como é que ele se insere à luz da lei dos partidos.