Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aniversário: 12 anos de Negócios, 12 temas sobre a economia portuguesa

Os 12 anos do Negócios como diário em papel foram o pretexto para revisitar os grandes temas da economia portuguesa nesta pouco mais do que uma década. Da evolução da actividade económica à evolução do crédito, das contas públicas às telecomunicações. É uma viagem em 12 grandes temas.

Negócios 08 de Maio de 2015 às 21:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

1. Em busca da prosperidade

Uma dúzia de anos em busca do crescimento perdido. É o filme da evolução da economia portuguesa durante os últimos 12 anos. Cinco desses anos registaram uma quebra na actividade produtiva.

 

2. Contas Públicas

Um país em contramão com as metas europeias. O retrato das contas públicas portuguesas durante esta mais de uma década revelam imaginação e criatividade na desorçamentação e em receitas extraordinárias.  

 

3. Impostos

Fisco mais eficiente, mas mais cego na cobrança.  A máquina fiscal tem hoje informação sobre os contribuintes que nunca teve. Está muito mais eficiente. O outro lado da medalha está nos automatismos que a afastam dos cidadãos.

 

4. Trabalho

Rigidez laboral diminuiu, desemprego disparou. Uma viagem às mudanças no Código do Trabalho que durante os últimos 12 anos mudou três vezes. De acordo com a OCDE o mercado de trabalho está menos rígido.

 

5. Banca

Uma histórica trágica de banqueiros, polícia e Estado. Do BPN em 2008 ao BES em 2013. Nestes últimos doze anos a banca passou de uma imagem de riqueza para um estado de necessidade de ajuda.

 

6. Energia

Energia liberalizada trouxe pouca concorrência. As empresas foram privatizadas, os mercados da energia liberalizados. Há mais escolha do que em 2003 mas os preços não parecem reflectir essas alternativas.

 

7. Telecomunicações

Do quase monopólio à concorrência feroz. Em 12 anos o sector sofreu uma profunda revolução. A concorrência é feroz e o colapso do BES abalou os planos de expansão de uma PT que agora é francesa.

 

8. Construção

Em 2014 construiu-se um décimo das casas de 2013. Da euforia das casas novas e próprias ao início da era da reabilitação. Dos grandes projectos de obras públicas a obras de proximidade. Um dos sectores que mais encolheu com a crise.

 

9. Parcerias Público-Privadas

Portugal tem mais 1.170 quilómetros de auto-estradas. Mais de mil quilómetros de auto-estradas construidos em 12 anos elevam Portugal para o top deste tipo de rodovias com 3.100 quilómetros de extensão. Que custaram em 2014 mais de mil milhões de euros aos cofres públicos.

 

10. Transportes

Transportes perderam passageiros e trabalhadores. Uma montanha de dívida e cada vez menos trabalhadores e clientes. No terceiro trimestre de 2014 a dívida das empresas de transportes atingia os 8,6 mil milhões de euros. Era de três mil milhões em 2003.

 

11. Crédito

Juros estão no mínimo, mas acesso ao crédito é mais difícil. Foram 12 anos em que se passou do oitenta para o oito. Em 2004 a concessão de crédito à economia atingia os dez mil milhões de euros. Em 2014 foi pouco superior a três mil milhões de euros. O dinheiro está barato mas os bancos estão mais exigentes.

 

12. Poupança

Poupa-se quase o mesmo. Mas quase nada na bolsa. Hoje os portugueses poupam o equivalente a 9% do PIB, tanto como o faziam em 2003, apesar da crise. A preferência nas aplicações mantém-se nos depósitos.

Ver comentários
Saber mais Código do Trabalho BPN BES Portugal PT economia negócios e finanças ppp construção contas públicas bolsa crédito
Mais lidas
Outras Notícias