O Negócios Direito de resposta de Luís Filipe Vieira

Direito de resposta de Luís Filipe Vieira

Luís Filipe Vieira exerce o seu direito de resposta
Luís Filipe Vieira 14 de fevereiro de 2019 às 20:30

1 – Ao contrário do que hoje a capa do Jornal de Negócios dá a entender com a inserção da minha fotografia junto dos identificados como principais grandes devedores da Caixa, esclareço que é totalmente falso que tenha qualquer dívida com a CGD. Que fique muito claro que não tenho qualquer dívida, nem nunca tive qualquer tipo de perdão de dívida por parte da referida instituição financeira.

 

2 – Mais incompreensível se torna o destaque dado à minha fotografia na notícia que faz a manchete de hoje do Jornal de Negócios, quando no desenvolvimento da própria notícia o meu nome só consta num parágrafo em que precisamente se refere que, tendo sido um dos sócios fundadores da empresa Obriverca, em 2001 deixei formalmente de ser sócio dessa sociedade. O que me torna obviamente, completamente alheio ao processo de empréstimo que a referida empresa viria posteriormente à minha saída contrair junto da CGD.                                           

 

3 – Nesse sentido é totalmente falsa qualquer insinuação de qualquer tipo de ligação da minha pessoa ao processo atrás referido.                                                   

 

4 - Não posso deixar de manifestar a minha estranheza pelo facto de o Jornal de Negócios, ainda mais sabendo que já tinha saído do Grupo Obriverca, tenha dado cobertura a este tipo de noticias de manchetes falsas e caluniosas em relação à minha pessoa. Inclusive, neste caso, facilmente provado pelo próprio texto do corpo da notícia.                                                     

 

Lisboa, 14 de fevereiro de 2019

 

Luís Filipe Vieira




Marketing Automation certified by E-GOI