Fidelidade acaba com marca Espírito Santo Saúde e substitui por Luz Saúde

O nome Espírito Santo Saúde "deixou de fazer sentido", considera a seguradora. Daí que tenha optado por alterar. Luz Saúde é o novo nome.
Miguel Baltazar/Negócios
DR
pub
Diogo Cavaleiro 15 de outubro de 2014 às 17:09

A marca Espírito Santo Saúde acabou. A Fidelidade, que conseguiu 96% da empresa na sequência da oferta pública de aquisição (OPA) que lançou, decidiu acabar com aquela designação. O novo nome é "Luz Saúde", herdando a insígnia do maior activo da empresa, o Hospital da Luz, em Lisboa.

"Espírito Santo Saúde: esta é a última vez que vamos utilizar esta palavra", disse Jorge Magalhães Correia, presidente da Fidelidade, na sessão de apuramento dos resultados da OPA que a empresa lançou à ES Saúde que, até hoje, estava nas mãos do Grupo Espírito Santo.

Para Magalhães Correia, "deixa de fazer sentido" manter o mesmo nome porque este "é um grupo diferente". A Fidelidade pertence à chinesa Fosun desde o ano passado.

A acompanhar o novo nome, há também um novo logotipo. O presidente da seguradora acredita que a mudança "preserva a autonomia, o património e os valores da actual Espírito Santo Saúde".

Já de acordo com Isabel Vaz, responsável da ES Saúde (agora Luz Saúde), a nova insígnia recupera "o património" da empresa por se referir "àquele que é o maior investimento alguma vez feito na área da Saúde em Portugal". É também, disse a gestora aos jornalistas, um "motivo de orgulho pelo reconhecimento feito da gestão e dos 9.000 trabalhadores que trabalham afincadamente".

pub

A Espírito Santo Saúde é a proprietária do Hospital da Luz, em Lisboa, do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, ou ainda do Hospital da Arrábida, em Gaia. São 18 unidades hospitalares ao todo.

(Notícia actualizada às 17h40 com mais informações)

pub