Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

À procura dos portugueses pelo mundo

A internacionalização da Gelpeixe começou em 2004 com o início da exportação dos produtos preparados em Portugal

Cristina A. Ferreira /Casa dos Bits 28 de Outubro de 2010 às 11:21
  • Partilhar artigo
  • ...





"É da continuidade, insistência do contacto e capacidade de resposta que se criam relações comerciais de parceria."

Lídia Tarré Directora de marketing da Gelpeixe

Empresa Gelpeixe
Área de actividade Transformação e comercialização de alimentos ultracongelados
Facturação 40 milhões de euros
Empregados 150
Principais mercados internacionais Países de língua oficial portuguesa





A internacionalização da Gelpeixe começou em 2004 com o início da exportação dos produtos preparados em Portugal, mas o contacto com mercados internacionais começou mais cedo, ainda na década de 80 com a importação de produtos de vários pontos do globo. Estas relações comerciais já exigiam deslocações frequentes aos mercados interlocutores e ajudaram a dar à empresa um perímetro de visão que foi para além das fronteiras territoriais, mas foi com a exportação que este negócio familiar se posicionou definitivamente para novos mercados.

"A exportação surge como uma oportunidade de crescimento e teve inicio essencialmente em países de língua portuguesa e mercados da saudade, pelo reconhecimento da marca, similitudes de gastronomia e pela facilidade de entrada" explica Lídia Tarré. Como acrescenta a directora de "marketing" do grupo fundado em 1977, é "quando estes mercados se vão consolidando que vamos procurando novos, onde é crescente a complexidade, mas também o desafio de ver o nosso produto e a nossa marca além-fronteiras".

Neste caminho da internacionalização, em que a participação em feiras e as missões empresariais têm sido um elemento importante, Lídia Tarré explica que a empresa tem apostado em diferentes tipos de abordagens.

As missões empresariais encaixam no objectivo de verificar localmente a existência, ou não, de oportunidades de negócio, tirando partido dos contactos que podem fornecer as empresas que os organizam.



Ver comentários
Outras Notícias