Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal Ventures alarga raio de acção e absorve Startup Portugal

A Portugal Ventures vai ficar responsável pela estratégia nacional de empreendedorismo e a entrada de Celso Guedes de Carvalho para a presidência está relacionada com essa mudança.

Paulo Duarte
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 27 de Maio de 2016 às 18:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O Startup Portugal, estratégia nacional de empreendedorismo, vai ficar na dependência da Portugal Ventures, sociedade pública de capital de risco. E ao que o Negócios apurou, a entrada de Celso Guedes de Carvalho para a presidência deste organismo está em parte relacionada com estas novas atribuições.

Por outro lado, Marco Fernandes ocupava tanto a liderança da Portugal Ventures (PV) como um cargo na PME Investimentos e com a entrada de Celso Guedes de Carvalho ficará apenas no conselho de administração da entidade de apoio às pequenas e médias empresas.

Com as novas funções atribuídas, a PV deixa de ser apenas um veículo de investimento e passa a ser também a missão de fomentar o ecossistema nacional de empreendedorismo. Atrair investidores estrangeiros para Portugal e apoiar as start-ups portuguesas na sua internacionalização estejam, ou não, no portefólio da sociedade capital de risco são, nomeadamente, algumas das funções que a sociedade pública vai ter.


Por outro lado, o actual CEO da PV esteve, durante vários anos, à frente da Incubadora de Empresas da Universidade de Aveiro (IEUA) e, por isso, poderá estabelecer mais pontes com as universidades.


O Startup Portugal incluiu medidas como o lançamento de linha de co-investimento para "business angels" e para fundos de capital de risco. Sendo que a PME Investimentos, de acordo com o que apurou o Negócios, deverá ter um papel a desempenhar nestas linhas.

 

Ver comentários
Saber mais Portugal Ventures PME Investimentos Marco Fernandes Celso Guedes de Carvalho Startup Portugal
Mais lidas
Outras Notícias