Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Um "site", um livro, uma revista

É muito provável que o nome LaTosha Johnson não lhe diga nada. Mas esta ilustre desconhecida é a autora de um dos blogues mais frequentados por empreendedores e mais influente junto desta comunidade. O segredo do sucesso de...

Negócios negocios@negocios.pt 16 de Julho de 2009 às 14:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Um "site"
A ajuda do TargetStars



Ensinamentos úteis podem dar-lhe uma ajuda decisiva na preparação e desenvolvimento do seu projecto. Procure em targetstars.blog.





















É muito provável que o nome LaTosha Johnson não lhe diga nada. Mas esta ilustre desconhecida é a autora de um dos blogues mais frequentados por empreendedores e mais influente junto desta comunidade. O segredo do sucesso de TargetStars está no facto de os seus textos estarem ficados na utilidade para quem os procura e lê com o objectivo de aprender algo que possa ajudar a construir, com sucesso, um novo projecto.

Disponível no endereço targetstars.blog, este blogue apresenta já uma razoável quantidade de conteúdos, todos eles susceptíveis de cumprirem os intuitos pedagógicos com que foram elaborados. O mais recente, pergunta se o "elevator speech", isto é, se a sua apresentação que deve durar entre trinta a 60 segundos, está preparada de forma a conseguir "premir os botões certos".

LaTosha Johnson sugere algumas verificações para testar a eficácia do seu "elevator speech". Por exemplo, tente perceber, com a máxima honestidade, se uma apresentação como que preparou, ou está a preparar, seria capaz de captar a sua atenção e de lhe despertar a curiosidade sobre a pessoa e o projecto em causa. Estas e outras sugestões pode encontrar no TargetStars.


Um livro
Prazeres e tristezas do trabalho


"The Things We Do for Money - The Pleasures and Sorrows of Work", de Alain de Botton, custa 16 euros na Amazon
do Reuno Unido.















No mundo ocidental, a felicidade pessoal passa pela realização profissional. Ter uma profissão e um emprego são elementos importantes para a dignidade e a identidade dos cidadãos e gastam-se rios de tinta e de tempo em discussões sobre a forma mais eficaz de resolver a equação que visa dar, através de uma saída profissional, um sentido à vida de cada um.

Tudo isto tem um lado bom e outro menos positivo. E é, precisamente, sobre os prazeres e as tristezas do trabalho que versa o livro de Alain de Botton intitulado "The Things We Do for Money - The Pleasures and Sorrows of Work". Em dez capítulos, o autor passa em revista igual número de profissões, analisando aquilo que lhe parecem ser os aspectos mais positivos e negativos de cada um dos trabalhos em causa.

Há surpresas. Tarefas aparentemente frustrantes e talhadas para semearem a infelicidade junto de quem as executa acabam por se revelar como uma fonte de bem-estar. O livro pode ser interessante para responsáveis de recursos humanos nas empresas, mas também pode fazer incidir alguma luz sobre aspectos sobre ou subvalorizados por quem, dia-após-dia, vai gastando cerca de um terço da sua vida a trabalhar.


Uma revista
Prós e contras do "franchising"


Na "Home Business Magazine" são analisadas as vantagens e inconvenientes de um contrato de "franchising" e os riscos que envolve.













Para milhares de empreendedores, o recurso ao "franchising" é a solução encontrada para se lançarem num novo negócio. As vantagens são evidentes. O novo projecto não nasce do "nada", porque está associado a uma marca já instalada, e o início e desenvolvimento das operações pode ser facilitado com o acesso à assistência e formação proporcionados pela empresa com quem se faz o contrato.

Não existem apenas facilidades. Antes de se lançar na empreitada, o promotor do projecto tem que estar preparado para enfrentar os riscos. Um dos mais importantes relaciona-se com o "fee" que terá de ser pago em contrapartida pela celebração do contrato de "franchising".

Nalguns casos, é cobrada uma comissão inicial, a que acrescem "royalties", geralmente calculadas sobre a facturação, além de outros encargos que revertem para um fundo comum que se destina a acções de promoção da marca, produtos e serviços que estão a ser colocados no mercado.

Na revista "Home Business Magazine", um artigo fala sobre as vantagens e inconvenientes do "franchising" e dos aspectos que é importante tirar a limpo antes de assinar um contrato. Também pode encontrar este artigo "on-line", em homebusinessmag.com.
Ver comentários
Outras Notícias