Start-ups Capital de risco com ex-gestor da Caixa Capital e fundadora da Talkdesk lança fundo de 46 milhões

Capital de risco com ex-gestor da Caixa Capital e fundadora da Talkdesk lança fundo de 46 milhões

A Indico é a sociedade de capital de risco que está a lançar o seu primeiro fundo. O IFD é um dos acionistas.
Capital de risco com ex-gestor da Caixa Capital e fundadora da Talkdesk lança fundo de 46 milhões
Alexandra Machado 11 de janeiro de 2019 às 10:00

A sociedade de capital de risco portuguesa Indico Capital Partners vai lançar o seu primeiro fundo de investimento, com 46 milhões de euros disponíveis, anunciou em comunicado.

O Indico Capital Partners VC I tem financiamento proveniente de oito países, sendo o principal investidor o FEI (Fundo Europeu de Investimento) ao qual se juntaram mais 20 investidores institucionais e individuais.


No grupo de investidores, esclarece a entidade em comunicado, está o IFD (Instituição Financeira de Desenvolvimento), que, segundo revelou ao Negócios a sociedade de capital de risco, terá 10%. Aliás, em comunicado a entidade acrescenta que esta é a primeira operação formalizada pelo IFD através do Portugal Tech.

Sobre a participação dos privados "não podemos divulgar separadamente por questões contratuais". Entre estes investidores conta-se a Draper Esprit - um dos maiores fundos a nível mundial -, assim como fundos de pensões, instituições de ensino e investigação, entidades gestoras de fortunas, empresários, gestores e empreendedores de tecnologia locais e internacionais.

O fundo estará focado em start-ups ibéricas "promissores, em particular as sediadas em Portugal". E direcionará os investimentos em empresas que atuem em áreas como SaaS ("software as a service") B2B, inteligência artificial, fintech e cibersegurança, mas também em marketplaces e plataformas digitais B2C. Se bem que o objetivo é investir em empresas ibéricas, "pode haver outras geografias, mas a maioria será em Portugal onde temos maior oportunidade de acrescentar valor às empresas e mais 'dealflow' perto de nós", diz ao Negócios Stephan de Morais, "managing general partner" da Indico.
 

O fundo pretende investir entre 150 mil e 5 milhões de euros por empresa, nas fases de "pre-seed", série A e subsequentes durante o seu período de vida de 10 anos. "Os primeiros investimentos da Indico já foram concluídos e serão anunciados em breve", mas não foram revelados.

Quem são os rostos da Indico

A Indico é gerida por uma equipa que integra Stephan Morais, Ricardo Torgal e Cristina Fonseca. Stephan Morais foi administrador executivo da Caixa Capital. Ricardo Torgal  foi também da Caixa Capital, tendo desempenha a função de gestor de investimentos. E Cristina Fonseca é co-fundadora e acionista da Talkdesk. Em comunicado, a Indico realça que "Farfetch, Unbabel, Codacy e muitas outras histórias de sucesso em Portugal dos últimos seis anos, incluindo a Talkdesk, são alguns dos investimentos passados da equipa". 




pub