Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

João Vasconcelos: Execução do Startup Portugal ronda os 90%

O secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, adiantou esta quarta-feira que na próxima semana vão começar a ser pagos os Startup Voucher e os Vales de Incubação nas próximas semanas.

Inês Gomes Lourenço
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 26 de Abril de 2017 às 16:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

João Vasconcelos, secretário de Estado da Indústria, marcou presença na inauguração do primeiro escritório internacional do Web Summit. Durante o evento, assinalou que um governo que não tenha uma estratégia para o empreendedorismo "está a desistir do futuro".

E Portugal tem essa estratégia, o Startup Portugal que, de acordo com o governante, tem uma "taxa de execução próxima dos 90%". O Startup Portugal foi apresentado em Junho do ano passado e conta com 15 medidas que assenta em três pilares: Ecossistema, Financiamento e Internacionalização.


Duas das medidas que constam na estratégia nacional de apoio ao empreendedorismo são os Startup Voucher e o Vale de Incubação. O Startup Voucher é uma medida que incluiu uma bolsa mensal de 691,70 euros e também mentoria, assistência técnica e um prémio de concretização. No final de Março, foi anunciado que o primeiro concurso do Startup Voucher vai apoiar 245 projectos e 409 novos empreendedores.


Na página do IAPMEI era referido na altura que "nesta primeira fase de desenvolvimento da ideia de negócio, que durará 4 meses, será prestado apoio ao desenvolvimento do negócio através de acompanhamento e mentoria especializada, após o qual as ideias serão novamente sujeitas a um processo de avaliação e selecção".


Esta quarta-feira, 26 de Abril, o secretário de Estado anunciou que para a semana vão ser pagos os primeiros Startup Voucher. Os primeiros pagamentos do Vale de Incubação devem também começar a ser efectuados dentro de algumas semanas.

Esta última medida pretende apoiar empreendedores com um vale de até cinco mil euros, verba para ser usada junto das incubadoras de start-ups que estejam acreditadas pelo IAPMEI e que pertencem à Rede Nacional de Incubadoras. O objectivo é que, com este dinheiro, sejam pagos os serviços prestados por estas incubadoras, como incubação e mentoria.

No início de Abril, o Negócios avançava que, no âmbito desta medida, havia 93 projectos que foram considerados elegíveis para o apoio, de acordo com os dados a que o Negócios teve acesso. 

Ver comentários
Saber mais João Vasconcelos Web Summit secretário de Estado da Indústria Vale de Incubação Startup Voucher
Mais lidas
Outras Notícias