Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Líderes da start-up portuguesa Zaask finalistas do MBA Awards 2015

Luís Martins e Kiruba Eswaran são líderes da start-up portuguesa Zaask e estão entre os finalistas dos MBA Awards 2015. Um prémio que ambiciona "premiar o que de melhor se faz nas escolas de negócios de todo o mundo, na vanguarda da excelência em liderança".

Direitos Reservados
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 13:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Luís Martins e Kiruba Eswaran (ambos na foto) são finalistas dos MBA Awards 2015, um prémio que quer destacar o melhor projecto empreendedor do mundo que sai de um mestrado em administração de negócios (MBA, na sigla inglesa). São, respectivamente, o CEO da start-up portuguesa Zaask - uma plataforma criada para facilitar o processo de contratação de serviços locais - e o director de marketing. E foi precisamente devido a este projecto que os dois responsáveis da empresa portuguesa estão entre os cinco finalistas mundiais do MBA Awards na categoria MBA Entrepreneurial Venture Award, de acordo com o comunicado enviado às redacções.

O documento enviado à imprensa esclarece ainda que estes prémios, os MBA Awards, visam "reconhecer o talento e as contribuições feitas pelas escolas e pelos seus alunos, nos MBA e na comunidade em geral, premiando o que de melhor se faz nas escolas de negócios de todo o mundo, na vanguarda da excelência em liderança".


A Zaask tem uma comunidade que supera os mais de oito mil profissionais activos. E o seu serviço pauta-se por, mediante as necessidades dos clientes, apresentar quatro profissionais avaliados para que o cliente escolha o que melhor se enquadra nas suas necessidades.


A Zaask facturou em torno de dez milhões de euros em 2014 e as estimativas apontam para que a facturação da empresa supere os 25 milhões de euros este ano.

Em comunicado, Luís Martins explica, que esta start-up nasceu no "The Lisbon MBA", na altura em que conheceu o actual director de marketing da Zaask. "Ambos percebemos que tínhamos uma visão e objectivos similares a nível profissional: queríamos abrir a nossa empresa. Uma experiência profissional e o pouco tempo disponível fizeram-nos perceber que existia uma lacuna no mercado no que diz respeito a contratar serviços locais, e foi a partir desta necessidade que surgiu o conceito da Zaask, uma empresa criada de raiz e baseada numa plataforma única de que muito nos orgulhamos", acrescenta em comunicado.

 

Ver comentários
Saber mais Luís Martins Kiruba Eswaran MBA Awards MBA Entrepreneurial Venture Award The Lisbon MBA Zaask start-up portuguesa
Outras Notícias