Tecnologias Google aceita pagar 500 milhões em França para encerrar processo de fraude fiscal

Google aceita pagar 500 milhões em França para encerrar processo de fraude fiscal

A tecnológica aceitou pagar uma multa de 500 milhões de euros na França para encerrar o processo de alegada fraude fiscal que decorria há quatro anos.
Google aceita pagar 500 milhões em França para encerrar processo de fraude fiscal
Negócios 12 de setembro de 2019 às 15:30

O Google concordou em pagar uma multa de 500 milhões de euros em França para encerrar uma investigação, iniciada há quatro anos, por alegada fraude fiscal.

Em causa está o facto de a unidade irlandesa do Google, onde a tecnológica está sediada na Europa, não ter "remunerado adequadamente a subsidiária em França, diminuindo o valor dos impostos que é pago no país", explicou o procurador Pierre-Olivier Amedee-Manesme, citado pela Bloomberg.

O acordo foi aprovado esta quinta-feira pelo juiz do tribunal de Paris Jean-Michel Hayat. E a menos que a empresa volte atrás nos próximos 10 dias, o acordo será final.

A Bloomberg conta ainda que nos termos do acordo alcançado esta quinta-feira, 12 de setembro, a gigante norte-americana reconheceu os factos subjacentes, mas não se declarou culpada.

No tribunal, Paul Manicle, representante da Google Irlanda, sede da empresa para o continente europeu, disse que a empresa decidiu chegar a acordo porque quer "seguir em frente".

A investigação em causa é relativa à alegada fuga de impostos entre 2011 e 2016.




Marketing Automation certified by E-GOI