Tecnologias Acções da Apple descem abaixo dos 500 dólares após quebra nas encomendas

Acções da Apple descem abaixo dos 500 dólares após quebra nas encomendas

As acções da Apple caíram depois do Nikkei newswire ter informado que a empresa diminuiu a produção do iPhone, devido a uma quebra de vendas com a saturação dos mercados.
Acções da Apple descem abaixo dos 500 dólares após quebra nas encomendas
Jorge Garcia 14 de janeiro de 2013 às 14:51

As acções da Apple caem 3,31% para 503,07 dólares, tendo chegado a negociar abaixo dos 500 dólares. Os títulos transaccionaram nos 498,51 dólares, após uma queda de 4,19%.

 

Desde Setembro que as acções da Apple já depreciaram 29,30%, o que constitui um recorde, de acordo com a Bloomberg.

 

A Apple terá alegadamente reduzido a sua encomenda de 65 milhões de ecrãs do novo iPhone 5 para metade, segundo o Nikkei, que cita um executivo sénior da empresa que não quis ser identificado.

 

De acordo com James Cordwell, analista do Atlantic Equities Service em Londres, as vendas estão a abrandar porque os smartphones saturaram os mercados desenvolvidos, onde a Apple é forte.

 

“Estamos perto da saturação”, disse Cordwell, que considera as acções da Apple sobrevalorizadas. “O grande crescimento vai chegar dos mercados emergentes, e o peso da Apple nesses mercados é muito inferior ao peso que tem nos mercados desenvolvidos, devido aos elevados preços”.




Marketing Automation certified by E-GOI