Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da Microsoft caem após Balmer considerar vendas do primeiro trimestre «anómalas»

As acções da Microsoft caíram o máximo de 2% na Alemanha, após o presidente executivo da empresa, Steve Balmer, ter divulgado que as vendas do primeiro trimestre «poderão não ser sustentáveis».

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 21 de Outubro de 2002 às 14:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As acções da Microsoft caíram o máximo de 2% na Alemanha, após o presidente executivo da empresa, Steve Balmer, ter divulgado que as vendas do primeiro trimestre «poderão não ser sustentáveis».

«Não estamos a tentar dizer que pensamos que os resultados das vendas no primeiro trimestre serão sustentáveis, é uma espécie de resultado anómalo», disse Steve Balmer, em entrevista ao «Nine Network» da televisão australiana.

A Microsoft, na passada quinta feira, havia noticiado que os ganhos do primeiro trimestre mais do que duplicaram, impulsionados com o aumento dos licenciamentos.

Steve Balmer disse ainda que «nós ainda vemos o nosso negócio razoavelmente forte (...) em todo o mundo», segundo a mesma fonte.

A Microsoft anunciou quinta-feira que os lucros mais que duplicaram no primeiro trimestre fiscal, para os 2,73 mil milhões de dólares (2,81 mil milhões de euros), em linha com o esperado pelos analistas. O volume de negócios cresceu 26% para os 7,75 mil milhões de dólares (7,98 mil milhões de euros), quando os analistas estimavam que esta rubrica se situasse nos 8,39 mil milhões de dólares.

A Microsoft seguia a cair 1,39% para os 53,35 euros, em Frankfurt.

Ver comentários
Outras Notícias