Tecnologias Amazon Web Services reforça presença em Portugal e celebra acordo com Canal 11 da FPF

Amazon Web Services reforça presença em Portugal e celebra acordo com Canal 11 da FPF

Depois da abertura de um escritório em Lisboa, no ano passado, a Amazon Web Services quer lançar um ponto de presença ainda este ano, também na capital portuguesa.
Amazon Web Services reforça presença em Portugal e celebra acordo com Canal 11 da FPF
Ana Batalha Oliveira 31 de julho de 2019 às 11:54

A Amazon Web Services (AWS), uma empresa da Amazon.com, vai abrir um ponto de presença do serviço Amazon CloudFront em Portugal, que deverá ficar operacional em 2019, anunciou a companhia em comunicado. Esta abertura segue-se à de um escritório, também em Lisboa, no ano passado.

O Amazon CloudFront é um serviço de rede de entrega de conteúdos (CDN), descrito pela empresa como rápido. Os conteúdos em causa são digitais, como aplicações, dados e vídeos. Com o novo ponto de presença, os utilizadores vão poder experienciar uma redução de até 60% na latência para a entrega dos seus conteúdos.

Num outro comunicado, a Federação Portuguesa de Futebol anunciou que o Canal 11 (que começa as emissões a 1 de agosto) estabeleceu um acordo de colaboração com a AWS, de modo a que o novo canal utilize a plataforma da Amazon para "oferecer uma melhor qualidade nos serviços de vídeo-streaming".

Portugal passa desta forma a fazer parte rede de infraestrutura global da AWS, que conta com 187 pontos de presença (incluindo 176 pontos de presença e 11 pontos de presença de caches regionais) em 69 cidades de 30 países.

"A AWS está comprometida em investir em Portugal e desde há muitos anos que suporta clientes em todo o país no seu processo de transição para a nuvem", assegura o diretor da AWS para a Europa do Sul, Miguel Alava, que espera conseguir com a nova infraestrutura "uma melhor experiência geral para os seus utilizadores finais", na conjugação do período de latência reduzido e de níveis de segurança equivalentes.

Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, referiu, em declarações ao fpf.pt, que este acordo "vem fortalecer o Canal 11 na visão e missão de promover o futebol português e alcançar milhões de portugueses espalhados pelo mundo, não apenas através da televisão, mas também através das transmissões no site. Com a utilização da AWS, conseguiremos atingir o nosso objetivo de reunir os portugueses na diáspora numa só plataforma, sabendo que o nosso conteúdo estará disponível em qualquer lado".

O primeiro-ministro português, António Costa, comenta que "o compromisso da Amazon Web Services em investir em Portugal demonstra como o nosso país continua a construir um papel mais central no mundo digital", lê-se ainda na nota dirigida à imprensa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI