Tecnologias Apple aposta em écrans maiores nos novos iPhone

Apple aposta em écrans maiores nos novos iPhone

A Apple apresentou esta quarta-feira em Cupertino, na Califórnia, os novos modelos do iPhone, que apostam na maior dimensão dos écrans. Tim Cook não teve dúvidas em considerar que este é "o iPhone mais avançado de sempre". O iPhone XS chega a Portugal a 21 de Setembro.
EPA/Lusa Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters Reuters
A Apple apresentou esta quarta-feira a nova geração do seu smartphone. A empresa liderada por Tim Cook revelou três versões diferentes: o iPhone XS, o iPhone XS Max e o iPhone XR.Trata-se do iPhone "mais avançado de sempre", considerou Tim Cook.

Philip W. Schiller, vice-presidente sénior do departamento de marketing da Apple, apresentou as características do iPhone XS, dizendo que tem um alcance dinâmico 60% maior do que o do iPhone X, lançado em Outubro de 2017. Já o XS Max tem basicamente o mesmo tamanho que um iPhone 8 Plus mas com uma polegada extra de écran.

O novo chip no centro do XS é o A12 Bionic, que é produzido com processadores de 7 nanómetros. Sobre a câmara fotográfica do XS, o Smart HDR permitirá afinar ao máximo as fotos, já que capta as diferentes exposições de uma imagem e apresenta depois a melhor versão.

A questão da imagem foi, aliás, um dos aspectos mais destacados na apresentação, com a Apple a sublinhar a qualidade das fotos e vídeos que a câmara de 12 megapixels permite.

O iPhone XR, a versão mais barata, poderá ser pré-encomendada a partir de 19 de Outubro e entregue a partir de 26 de Outubro. O seu preço de base é de 749 dólares (cerca de 646 euros) para o modelo com 64 gigabites (GB) de armazenamento. Existem também versões com 128 e 256 GB.

Os iPhone XS e XS Max estarão disponíveis com 64, 256 e 512 GB, sendo a versão mais económica vendida por 999 dólares (861 euros) no caso do XS, e de 1.099 dólares (948 euros) no XS Max. A versão mais cara do XS Max custará 1.449 dólares (1.250 euros). Estes modelos estarão disponíveis para pré-encomenda já a partir desta sexta-feira, 14 de Setembro, e com as entregas a partir de 21 de Setembro. Portugal é um dos mercados onde os novos iPhones estarão disponíveis nesta data.

Outra das novidades do novo smartphone da marca da maçã é a introdução do Dual SIM. Os utilizadores poderão agora ter dois números de telefone associados ao mesmo aparelho. Para o efeito, a Apple desenvolveu aquilo a que chamou de eSIM, não existindo dois cartões SIM físicos.

Antes, a empresa apresentou a nova gama do Apple Watch, que inclui o alerta de quedas e o electrocardiograma. O mostrador digital do novo Apple Watch tem uma resposta táctil, lembrando os antigos iPods. Além disso, o volume de som é 50% mais elevado.

Apesar das novidades apresentadas, os investidores não demonstraram grande entusiasmo. As acções da Apple terminaram a sessão a recuar 1,24%, para os 221,07 dólares. A empresa superou a mítica barreira do bilião de dólares de capitalização bolsista no início de Agosto, tornando-se a primeira empresa norte-americana a fazê-lo.





pub