Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apple, Facebook, Google e Amazon vão ser ouvidas no Congresso no final do mês

Os presidentes das quatro gigantes tecnológicas vão estar a testemunhar no Congresso dos Estados Unidos no final deste mês, numa audiência dedicada à concorrência.

Reuters
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 02 de Julho de 2020 às 14:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Tim Cook, Mark Zuckerberg, Jeff Bezos e Sundar Pichai. Os quatro CEO de Apple, Facebook, Amazon e Google estarão presentes no Congresso dos Estados Unidos, no final de julho, numa audiência dedicada à lei da concorrência, após o pedido do comité da Câmara dos Representantes no mês passado. 

A informação foi adiantada pela jornalista do New York Times, Kara Swisher, através do seu Twitter, em que a própria afirma que David Cicilline, representante democrata de Rhode Island, lhe confirmou a ida dos quatro presidentes das empresas ao Congresso, para testemunharem sobre questões concorrenciais. 

Em junho, o departamento de Justiça dos Estados Unidos estaria a equacionar avançar com uma acusação sobre a Apple, em como a empresa liderada por Tim Cook estaria a lidar com os seus fornecedores de forma inconstante, aplicando regras diferentes entre eles, segundo o Politico.   

Isto depois de a Comissão Europeia ter dito que iria investigar se as regras seguidas pela loja de aplicações da Apple violam, ou não, os princípios de concorrência. 

A investigação surgiu após queixas avançadas pelo Spotify e por um distribuidor de livros e livros áudio, que apontam falhas na dinâmica de concorrência dos respetivos mercados dentro da loja da Apple. A empresa da maçã possui duas aplicações concorrentes destas: a Apple Music e a Apple Books.

Esta audiência sobre a concorrência marca um regresso das empresas ao Congresso dos Estados Unidos. Só a Apple tinha escapado, até agora, ao escrutínio de Washington. 

Ver comentários
Saber mais Apple Music Tim Cook Facebook Google Jeff Bezos Amazon Sundar Pichai Mark Zuckerberg economia negócios e finanças Informação sobre empresas
Mais lidas
Outras Notícias