Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apple redobra esforços para impulsionar as vendas do iPhone

A Apple está a reforçar a sua estratégia para aumentar as vendas do iPhone. Para tal, transferiu pessoal da área do marketing que estava a trabalhar noutros projectos e avançou com campanhas promocionais.

Reuters
Negócios jng@negocios.pt 04 de Dezembro de 2018 às 11:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Apple enfrenta um período tumultuoso. As vendas do produto de eleição, o iPhone, estão aquém do esperado e as perspectivas não são animadoras. A empresa liderada por Tim Cook decidiu então implementar um plano para contrariar este cenário.

 

A empresa decidiu transferir algum pessoal da área de marketing, que estava com outros projectos, para se dedicar a campanhas para impulsionar as vendas do iPhone, revela a Bloomberg. A decisão foi tomada em Outubro, cerca de um mês depois do iPhone XS ter chegado ao mercado e por volta da mesma altura em que o iPhone XR foi lançado, revela uma fonte próxima do assunto, que pediu anonimato.

 

O plano é um "combate a um incêndio", descreveu a mesma fonte, que admitiu que as vendas estão abaixo das expectativas.

 

A Apple avançou assim com uma série de medidas para fomentar as vendas. Medidas que incluem descontos nos preços dos novos iPhone, algo que contraria a política que tem sido seguida pela empresa.

 

Uma das campanhas está relacionada com o iPhone XR. No site internacional é possível ver uma campanha, logo na página principal, com este equipamento a custar 449 dólares. Este preço está 300 dólares mais baixo do que o custo oficial. Ainda assim, o preço conta com um asterisco, que remete para uma nota de rodapé onde se explica que este valor só será aplicado aos clientes que troquem um iPhone 7 Plus, que foi lançado em 2016.

 

Este é o plano de ataque da Apple que, segundo as notícias, já implementou outras medidas com o objectivo de impulsionar as vendas nos vários mercados onde actua. Ainda no final de Novembro, foi noticiado que a Apple estaria a preparar o pagamento de subsídios a operadores de telecomunicações no Japão para fomentar as vendas naquele mercado. A ideia é que as operadoras vendam os equipamentos com descontos.

 

Os últimos números das vendas do iPhone conhecidos reportam ao trimestre de Julho a Setembro, tendo a empresa vendido 46,9 milhões de unidades, o que ficou aquém das estimativas dos analistas que apontavam para uma média de 48,4 milhões. Além disso, a empresa revelou que no último trimestre deste ano as vendas deverão situar-se entre 89 e 93 mil milhões de dólares. O que significa que o valor médio também ficará aquém da média das estimativas dos analistas (92,7 mil milhões).

Ver comentários
Saber mais Apple iPhone XR iPhone
Outras Notícias