Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Babel aposta no mercado do livro digital

De um lado, livros cosidos à mão, serigrafados. Do outro, textos digitais. Babel, de papel e virtual, prepara plataforma tecnológica para o mercado de "ebooks". "Só faz sentido ter um livro físico, podendo ter em suporte digital, se ele próprio tiver a forma e natureza de algo que valha a pena guardar", sublinha, em entrevista ao Weekend, Paulo Teixeira Pinto.

Lúcia Crespo lcrespo@negocios.pt 12 de Março de 2010 às 12:19
  • Partilhar artigo
  • ...
De um lado, livros cosidos à mão, serigrafados. Do outro, textos digitais. Babel, de papel e virtual, prepara plataforma tecnológica para o mercado de "ebooks". "Só faz sentido ter um livro físico, podendo ter em suporte digital, se ele próprio tiver a forma e natureza de algo que valha a pena guardar", sublinha, em entrevista ao Weekend, Paulo Teixeira Pinto.

“Estamos a trabalhar em estruturas de ponta a nível tecnológico que nos permitem estar preparados para essa nova dimensão do livro. Vamos tentar que não nos seja estranho nada do que seja atraente em matéria de novas formas de comunicação”, comenta.

“Quando existe facilitação tão aberta a nível de conteúdos, a subsistência do livro enquanto objecto material só se justifica se for um objecto , ele próprio, distintivo. Só faz sentido ter um livro físico, podendo ter em suporte digital, se ele próprio tiver a forma e natureza de algo que valha a pena guardar”.

logo_empresas

Ver comentários
Outras Notícias