Tecnologias Bruxelas investiga Libra do Facebook. Moeda apresenta perigos à concorrência

Bruxelas investiga Libra do Facebook. Moeda apresenta perigos à concorrência

O regulador da concorrência da União Europeia está a investigar a moeda digital lançada pelo Facebook, cujo projeto foi anunciado há dois meses e considera que apresenta "possíveis restrições à concorrência".
Bruxelas investiga Libra do Facebook. Moeda apresenta perigos à concorrência
Gonçalo Almeida 20 de agosto de 2019 às 19:26

O projeto da moeda digital do Facebook anunciado por Mark Zuckerberg, um dos fundadores da rede social, em junho deste ano, está a ser escrutinado pelas entidades que vigiam a concorrência na União Europeia, segundo a Bloomberg. Os reguladores estão neste momento a "investigar um comportamento potencial de anticoncorrência" da Libra. 

Num documento datado do início do mês, os reguladores expressam preocupações com a proposta de sistema de pagamento que pode colocar várias restrições à concorrência. No projeto apresentado pelo Facebook, a moeda digital representaria um modo de pagamento alternativo aos circuitos bancários tradicionais, ao permitir às pessoas que estão privadas do acesso a serviços bancários a possibilidade de transferir dinheiro e aceder a alguns serviços e produtos na internet.

A autoridade adiantou que a Libra representa um potencial desafio que os reguladores monetários nunca enfrentaram, uma vez que não conseguiriam nem controlar, nem gerir a moeda digital. O Facebook prometeu colmatar as falhas antes de lançar a Libra - um processo que se poderá arrastar durante muito tempo.  

A investigação sobre a moeda levanta uma outra questão relativa ao facto de como o Facebook poderá usar indevidamente o seu conhecimento e o seu poder para enfraquecer outras aplicações rivais. 

O objetivo da empresa liderada por Mark Zuckerberg era estrear a Libra no próximo ano.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI