Tecnologias Burlas através do MB Way multiplicam-se e PSP deixa conselhos

Burlas através do MB Way multiplicam-se e PSP deixa conselhos

Os casos de burlões que dão instruções falsas para terem acesso ao cartão dos utilizadores de MB Way subiram de 99 em 2018 para 135 até maio deste ano.
Burlas através do MB Way multiplicam-se e PSP deixa conselhos
Bruno Simão
Ana Batalha Oliveira 12 de novembro de 2019 às 12:54

A Polícia de Segurança Pública (PSP) informou, através da página de Facebook, que o número de burlas através de MB Way aumentou substancialmente em 2019. Enquanto no total do ano passado se contaram 99 registos, até maio deste ano o número já ascendia a 135.

A PSP explica que, no geral dos casos, a burla consiste no aproveitamento dos anúncios que as vítimas colocam online para a venda de objetos, em sites dedicados a este tipo de comércio como o Olx ou o CustoJusto. Os burlões contactam os anunciantes mostrando interesse na compra e "convencem as vítimas a dirigirem-se a um ATM para, supostamente, efetuarem o pagamento do objeto via MB Way". Neste cenário, "através de indicações enganosas sobre os procedimentos a adotarem, conseguem aceder à conta bancária da vítima e fazer vários levantamentos e compras de forma ilegítima".

No final do procedimento, o que as vítimas acabam por fazer é associar o número de telemóvel do suspeito ao seu cartão de multibanco e a permitir levantamentos indevidos da sua conta bancária.

Posta esta situação, a PSP recomenda aos utilizadores de MB Way que, no caso de não compreenderem inteiramente o funcionamento para pagamentos, recusem o pagamento por esta via ou que consultem o respetivo banco sobre a aplicação antes de a utilizar. Outra estratégia aconselhada é "fazer os negócios de forma presencial se estiver na mesma área geográfica do comprador" e "receber os pagamentos presencialmente" ou, ainda, através de transferência bancária. Em última análise, a PSP diz que não deve seguir instruções de desconhecidos para fazer pagamentos por MB Way.



Posteriormente, a própria SIBS - dona da MB Way - prestou esclarecimentos sobre o assunto. A empresa informou que "tem vindo a reforçar a informação dirigida aos utilizadores alertando-os para não adicionarem números de telefone de terceiros ou desconhecidos ao serviço" e que "todos os serviços SIBS têm sistemas de monitorização e deteção de fraude continua e permanente, com vista a reduzir a ou identificar a ocorrência de situações criminosas". Agora, na altura de adicionar um número de telemóvel na aplicação, aparece a mensagem "nunca adicione um número que não possui ou desconhece".



pub

Marketing Automation certified by E-GOI