Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dona do OLX contrata mais 40 trabalhadores para novos projectos internacionais

A dona da OLX vai contratar até Agosto 40 novos trabalhadores em Portugal, num investimento superior a um milhão de euros este ano, para replicar em mercados internacionais os conceitos daquele 'site' e do Standvirtual e Imovirtual.

Negócios 23 de Maio de 2016 às 09:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Naspers, um grupo internacional na área de serviços de Internet e comércio electrónico, é a detentora da portuguesa FixeAds, que por sua vez detém os 'sites' de classificados OLX (bens no geral), Standvirtual (veículos) e Imovirtual (imobiliário), vai recrutar, até agosto, mais 40 profissionais para o centro tecnológico de Lisboa.

 

A equipa portuguesa já tem cerca de 170 colaboradores a trabalhar nos 'sites' portugueses, mas também na construção e desenvolvimento de toda a área de classificados que o grupo detém a nível mundial, nomeadamente na Índia e na Indonésia.

 

Para os dois países, tidos como "mercados de referência" para a Naspers, foram desenvolvidos, em Lisboa, projectos para aplicações de classificados 'online', 'web' e 'mobile', nos segmentos de imobiliário e automóvel (à semelhança do Imovirtual e do Standvirtual).

 

"O grupo quer continuar a expandir as marcas para outros mercados, por todo o mundo. Da América Latina, Médio Oriente, própria Europa, são mercados significativos e com volume", disse à agência Lusa o gestor global das operações de Recursos Humanos da OLX, João Silva.

 

A Naspers quer "replicar o sucesso que os engenheiros portugueses tiveram em Portugal", sendo que "dentro de todos os países do grupo (130) foi o que se destacou para lançar estas marcas".

 

A ideia é lançar os projectos consecutivamente até ao final do ano e os novos trabalhadores vão ser responsáveis não só pelo lançamento de 'sites' semelhantes ao OLX, ao Standvirtual e ao Imovirtual nos novos mercados internacionais, mas também pelo acompanhamento tecnológico e manutenção. A actividade comercial, 'marketing' e apoio aos utilizadores vai ficar a cargo de equipas locais.

 

O director de tecnologia da Naspers, Miguel Mascarenhas, diz que, "uma vez analisada a performance desta equipa nos primeiros seis meses, existe suporte do grupo para expandir as soluções criadas a partir de Portugal para outros mercados estratégicos".

 

O mesmo responsável afirma ainda que "a decisão de instalar em Portugal este 'tech hub' [polo tecnológico] foi uma aposta vencedora, uma vez que permitiu, num curto espaço de tempo, posicionar Portugal como o principal polo de tecnologia avançada do universo de classificados do Grupo Naspers".

 

"E não vamos ficar por aqui: o objectivo é assegurar o crescimento futuro de todos os 'sites' mundiais do OLX e de outras marcas do grupo", assegurou.

 

Ver comentários
Saber mais OLX Grupo Naspers
Outras Notícias