Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP celebra contrato de «outsourcing» de 510 milhões com a LogicaCMG

A Energias de Portugal (EDP) assinou um contrato de «outsorcing» no valor de 510 milhões de euros, pelo prazo de 10 anos, com a LogicaCMG, no âmbito da venda de 60% do capital da Edinfor à empresa britânica

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 10 de Janeiro de 2005 às 07:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Energias de Portugal (EDP) assinou um contrato de «outsorcing» no valor de 510 milhões de euros, pelo prazo de 10 anos, com a LogicaCMG, no âmbito da venda de 60% do capital da Edinfor à empresa britânica

A EDP anunciou sexta-feira que finalizou o acordo para a venda de 60% do capital da empresa de tecnologias de informação, a Edinfor, aos britânicos da Logica CMG, por um total de 81 milhões de euros.

Segundo um comunicado da empresa britânica, «no âmbito da transacção, a LogicaCMG assinou um contrato com a EDP no valor de 510 milhões de euros para providenciar serviços de ‘outsourcing’ em tecnologias de informação por 10 anos».

A Logica acrescenta ainda que terá preferência na prestação de outros serviços de TI requisitados pela EDP.

No seu comunicado a EDP afirma apenas que a Logica vai passar a ser responsável dos contratos de «outsourcing» nas áreas da manutenção aplicacional, serviços de WAN (Wide Área Network), help desk, LAN (Local Área Network) e sistemas distribuídos, centros de processamento de dados, impressão e envolopagem, por um prazo de 10 anos, mas não revela o seu valor.

A eléctrica, contudo, diz que os custos de «outsourcing» correspondentes aos contratos agora renegociados, incorridos pelo Grupo EDP em 2004, ascendem a aproximadamente 74 milhões de euros e representam cerca de 70% dos custos com tecnologias de informação incorridos por todas as empresas do Grupo EDP em Portugal.

Se a EDP mantivesseestes custos incluidos nos contratos ao longo dos próximos 10 anos, iria gastar 740 milhões de euros, pelo que o contrato adjudicado à Logica permitirá uma poupança de cerca de 230 milhões de euros, ou 23 milhões de euros por ano, à EDP.

A Logica, no mesmo comunicado onde anuncia a aquisição da Edinfor, diz que este negócio vai ter um contributo «modesto» para os resultados de 2005. As receitas da Edinfor em 2004 devem ter ficado nos 175 milhões de euros.

Jim Yeats, que era o responsável pela divisão de «utilities» e energéticas da LogicaCMG, vai ser o novo presidente executivo da Edinfor.

Ver comentários
Outras Notícias