Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fujitsu prevê atingir 2,6 mil milhões de perdas no ano fiscal de 2002

A Fujitsu prevê atingir perdas no valor de 2,3 mil milhões de dólares (2,6 mil milhões de euros) neste ano fiscal que termina a 31 de Março de 2002 e estima reduzir as horas de trabalho em um terço para cinco mil trabalhadores.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 09 de Janeiro de 2002 às 12:16
A Fujitsu, prevê atingir perdas no valor de 2,3 mil milhões de dólares (2,6 mil milhões de euros) neste ano fiscal que termina a 31 de Março de 2002 e estima reduzir as horas de trabalho em um terço para cinco mil trabalhadores nas fábricas de «chips» no Japão a fim de reduzir custos.

A Fujitsu irá propor ao sindicato de trabalhadores das três fábricas afectadas por esta medida, uma redução de três horas de trabalho, para oito horas, em vez das 12 horas iniciai, divulgou a empresa em comunicado.

A empresa japonesa que está a reduzir a sua força de trabalho em 20.900 trabalhadores no presente ano fiscal, está a gastar 350 mil milhões de ienes (2,9 mil milhões de euros), com a reorganização do negócio.

A Fujitsu prevê registar perdas de 50 mil milhões de ienes (4,2 mil milhões de euros), na unidade de «chip», no mesmo período, segundo a mesma fonte.

A indústria de «chips» registou uma queda das vendas, para um valor record de 120 mil milhões de dólares (134,4 mil milhões de euros) no ano passado.

A Fujitsu encerrou hoje a desvalorizar 0,79%.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio