Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Goldman Sachs aposta em vitória do Brasil no Mundial. Portugal fica pelos quartos-de-final

A unidade de "research" do Goldman Sachs prevê que o Brasil se torne hexacampeão mundial em casa. Portugal deverá perder contra a Argentina nos quartos-de-final. Cristiano Ronaldo está no "onze de sonho".

Negócios 28 de Maio de 2014 às 14:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

O Brasil pode conquistar o sexto campeonato do Mundo. A previsão é da unidade de "research" do Goldman Sachs, de acordo com o relatório "The World Cup and Economics 2014", publicado esta quarta-feira, 28 de Maio.

 

O documento aponta para um duelo entre Neymar e Messi na final da competição. Apesar disso, a selecção de Luís Filipe Scolari deverá ser a favorita para ganhar a "Copa", ao reunir mais do que o triplo de probabilidades (48,5%) na final contra a Argentina (14,1%).

 

O estudo da Goldman Sachs prevê um duelo entre as selecções de Cristiano Ronaldo e de Messi nos oitavos-de-final da prova. A equipa de Messi deverá ganhar, de acordo com o estudo. Até chegar a esta fase, Portugal deverá ficar em segundo no grupo G. Nos oitavos-de-final, os 23 de Paulo Bento poderão voltar a defrontar a Rússia, que ficou à frente da equipa portuguesa na fase de qualificação para o mundial. Desta vez, o desfecho poderá ser diferente: Portugal deverá ganhar à equipa treinada por Fabio Capello.

 

Cristiano Ronaldo em destaque

 

O melhor jogador do Mundo merece o papel principal no texto sobre a selecção portuguesa incluído no relatório. O desempenho do craque madeirense é apontado como "determinante para influenciar o sucesso" de Portugal na competição.

 

O Goldman Sachs aponta a centralização da terceira melhor equipa do ranking no jogador português como um obstáculos: "as lesões de Cristiano Ronaldo poderão dificultar a influência das suas excepcionais capacidades no sucesso de Portugal no campeonato do Mundo".

 

O banco faz mesmo uma comparação com o caso da economia no país: "é mais fácil apostar em vários sectores" do que focar a escolha num sector, porque "se houver um choque numa área, é mais fácil deslocar os recursos para outros mercados".

 

A instituição considera mesmo que Portugal "aprendeu a lição através de um conjunto de reformas estruturais", no âmbito do programa de ajustamento da troika. Os autores do estudo aproveitam para indicar que a economia do país "continua a beneficiar uma forte performance nos sectores da alimentação, bebidas, calçado e vestuário".

 

Cristiano Ronaldo também é um dos jogadores do "onze de sonho", votado pelos clientes Goldman Sachs. Além do português, fazem parte Manuel Neuer, Dani Alves, Sérgio Ramos, Thiago Silva, Philipp Lahm, Eden Hazard, Andrés Iniesta, Franck Ribéry, Neymar e Leonel Messi.

 

O capitão da selecção portuguesa é considerado ainda como o terceiro jogador com mais probabilidades (14/1) de marcar pelo menos um golo na prova, a par de Luís Suárez. Leonel Messi (8/1) e Neymar (10/1) são os marcadores preferidos do portal de apostas Ladbrokes, utilizado como referência para o estudo.

 

Queiroz e Fernando Santos nos oitavos

 

Os oitavos-de-final poderão ter três treinadores portugueses. Além de Paulo Bento (Portugal), Carlos Queiroz e Fernando Santos poderão conseguir colocar pela primeira vez Irão e Grécia, respectivamente, nesta fase da prova.

 

A selecção helénica, em 10.º no "ranking" da FIFA, tem mesmo mais probabilidades de ganhar o grupo C do que a Colômbia, melhor colocada no ranking (5.º). Os gregos poderão disputar os oitavos-de-final com a Uruguai e ficar de fora da prova nesta fase.

 

Os iranianos, em 37.º no "ranking", poderão conseguir o segundo lugar no grupo F, ficando à frente da Bósnia, 25.º na tabela da FIFA. A equipa treinada por Queiroz pode disputar os oitavos-de-final com a França, ficando fora de prova nesta fase.

 

Brasil campeão também para a Bloomberg

 

O "escrete" deverá vencer o campeonato do Mundo de 2014 frente a Espanha, segundo os dados apresentados pela Bloomberg.

 

Para Portugal, a agência coloca a selecção até aos oitavos-de-final, fase em que deverá perder 1-0 com a Bélgica. A equipa de Paulo Bento deverá ficar em segundo no grupo constituído por Portugal, Alemanha, Estados Unidos e Gana.

 

O campeonato do Mundo de Futebol 2014 será disputado entre 12 de Junho e 13 de Julho no Brasil.

Ver comentários
Saber mais Goldman Sachs Campeonato do Mundo Portugal Irão Grécia Brasil Fernando Santos Carlos Queiroz futebol desporto eventos desportivos
Mais lidas
Outras Notícias