A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Google testa protótipo de carro automatizado sem volante e sem travões

A Google continua a desenvolver o seu próprio carro. A empresa norte-americana criou um protótipo em que o condutor não pode mexer no carro em caso de emergência. O veículo está a ser testado na Califórnia.

Negócios 28 de Maio de 2014 às 09:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

Sem volante e sem travões. A Google continua a aposta nos automóveis do futuro e criou o seu próprio protótipo para prosseguir os testes, em vigor desde 2010, de acordo com a notícia de terça-feira, 27 de Maio, do "The New York Times".

 

A marca norte-americana retirou a possibilidade de uma pessoa poder controlar o veículo. Nos cem protótipos que estão a circular nas estradas da Califórnia, não há volante nem travões, ao contrário dos veículos testados até agora pela Google.

 

A empresa construiu um veículo de dois lugares e velocidade limitada a 40 km/h. A ideia da Google é que o protótipo circule dentro das cidades. A mesma fonte adianta que este factor também permite um desenvolvimento menos restritivo e com menos condicionamentos no processo de homologação do veículo.

 

O director do projecto, Christopher Urmson, justificou a retirada do controlo humano do veículo por ter visto "algumas situações que nos puseram nervosos", indicou ao "The New York Times". O Homem é substituído por sensores electrónicos com vista panorâmica até cerca de 200 metros em todas as direcções. Os espelhos retrovisores mantêm-se no veículo por questões de homologação. O veículo tem um formato semelhante a um Smart.

 

O controlo humano está restringido a dois botões: um de arranque e outro de paragem de emergência ("e-stop"), com uma utilização diferente face ao travão convencional.

 

A ligação ao veículo também se faz através de uma aplicação para dispositivos móveis e que permite, por exemplo, "chamar" o carro em caso de necessidade.

 

A tecnológica adianta ainda que não tem planos para comercializar o veículo nos Estados Unidos. Encontra-se mais preparada para fornecer componente a outras marcas do sector automóvel.

 

Os responsáveis do projecto consideram que um futuro carro automatizado poderá ser utilizado como táxi em Manhattan, uma das principais metrópoles do mundo. A Google deverá ter pela frente fortes restrições em termos de homologação. A legislação actual permite o uso de carros automatizados, mas com a possibilidade de controlo humano em caso de emergência, o que não acontece neste caso.

 

A construção de um carro próprio marca uma nova fase no projecto de carros da Google. No início deste processo, em 2010, a marca norte-americana utilizou um veículo convencional, com possibilidade de apoio humano em caso de emergência. 

Ver comentários
Saber mais Google carro automatizado Estados Unidos tecnologia
Mais lidas
Outras Notícias