Tecnologias Google usou Bermudas para colocar receitas de 11 mil milhões a salvo dos impostos

Google usou Bermudas para colocar receitas de 11 mil milhões a salvo dos impostos

A tecnológica norte-americana terá movimentado 11 mil milhões de euros de receitas para uma filial nas Bermudas através de um sistema que permite evitar pagar parte dos impostos.
Google usou Bermudas para colocar receitas de 11 mil milhões a salvo dos impostos
Bloomberg
Negócios 19 de fevereiro de 2016 às 14:47

A Google terá transferido grande parte das suas receitas na Europa em 2014 para as Bermudas através do esquema "sanduíche holandesa", um sistema que permite evitar o pagamento de impostos em alguns países onde está presente.

Segundo a Reuters, este sistema foi efectuado através de três passos: a gigante norte-americana terá movimentado 11 mil milhões de euros, contabilizados como "royalties", numa filial na Irlanda, tendo depois transferido este montante para a Holanda e, depois, para as Bermudas.

Este triângulo terá assim permitido que a gigante tecnológica evitasse pagar impostos sobre lucros, tendo em conta que as Bermudas não aplicam taxas fiscais às empresas.

Contactado pela Reuters, o porta-voz da Google sublinhou que a tecnológica segue as regras fiscais em todos os países onde está presente.

O combate à evasão fiscal por parte das grandes empresas, como a Google, tem estado no topo das medidas da Comissão Europeia.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI