Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo francês pode reduzir participação na France Telecom

O Governo francês pode reduzir a sua participação na France Telecom para menos de 50% e levantou, a partir de ontem, a obrigação da operadora de telecomunicações fornecer serviços telefónicos básicos através de nova legislação que entrou ontem em vigor.

Negócios negocios@negocios.pt 02 de Janeiro de 2004 às 17:18
  • Partilhar artigo
  • ...

O Governo francês pode reduzir a sua participação na France Telecom para menos de 50% e levantou, a partir de ontem, a obrigação da operadora de telecomunicações fornecer serviços telefónicos básicos, nomeadamente em meios rurais, através de nova legislação que entrou ontem em vigor.

A participação do Estado poderá ser diminuída quando a operadora francesa comprar as participações minoritárias na Wanadoo, segunda maior fornecedora de serviços de Internet, disseram analistas à Blomberg. No entanto, a administração da France Telecom, companhia que detém 70,6% da Wanadoo, já veio defender que ainda não tem planos para comprar as participações minoritárias.

O porta-voz do ministério das Finanças francês declinou para já comentar quando e como poderá a participação do Estado, de 54,5% ser reduzida para um valor minoritário.

A nova legislação que regula a actividade da France Telecom, aprovada no Parlamento francês no passado dia 17 de Dezembro e publicada no órgão oficial francês ontem, dia 1 de Janeiro de 2004, desvincula igualmente a France Telecom da obrigação de fornecer serviços às áreas rurais com preços subsidiados ou instalar telefones como um serviço público.

Os restantes operadores poderão agora competir com a companhia pública no fornecimento de serviços de telefone «universais», desde que possam fazer a cobertura total do território francês por «um preço acessível», avança igualmente o novo documento legal. Contudo, até 31 de Dezembro próximo, o mais tardar, a France Telecom irá continuar oferecer serviços «universais» de telefones.

Os empregados da France Telecom mantém contudo o seu estatuto de funcionários públicos, mesmo que o Estado reduza a sua participação para menos de 50%.

As acções da France Telecom seguiam a subir 1,46% para os 22,99 euros.

Ver comentários
Outras Notícias