Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Juiz de Nova Iorque concorda que a Apple não deve desbloquear iPhone

James Orenstein, juiz de Nova Iorque, disse que a Apple não deveria desbloquear um iPhone para as autoridades num caso relacionado com narcotráfico, abrindo um precedente para o caso do iPhone de San Bernardino.

Bloomberg
André Vinagre andrevinagre@negocios.pt 01 de Março de 2016 às 10:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O juiz de Nova Iorque James Orenstein deliberou esta segunda-feira, 29 de Fevereiro, que a Apple não devia desbloquear o telemóvel num caso de tráfico de droga, o que pode significar que a Apple está em vantagem perante a disputa pelo aparelho usado pelo terrorista de San Bernardino, escreve esta terça-feira, 1 de Março, o El País.

 

Este caso de narcotráfico pode servir de precedente para dar razão à Apple no caso do iPhone de San Bernardino. O juiz diz que os motivos não são suficientes para que a Apple dê acesso ao telemóvel.

 

"Depois de receber os factos e os argumentos das duas partes, concluo que nenhum dos factores justifica impor à Apple a obrigação de dar assistência à investigação do Governo contra a sua vontade", referiu o juiz.

 

Neste caso, o dono do iPhone é Jung Feng que está acusado, com outras quatro pessoas, de traficar anfetaminas. Como no caso do tiroteio de San Bernardino, as autoridades pediram ajuda à Apple para aceder ao iPhone. Pedido que a Apple recusou. Na opinião do juiz, a Apple não é responsável pelo facto de os seus aparelhos serem usados para vender drogas.

 

O Departamento de Justiça já reagiu, dizendo que está "muito desiludido com o veredicto do magistrado". "Este telemóvel poderia ter provas que nos ajudassem a investigar o delito. Vamos continuar com o processo para tentar consegui-las", disse o Departamento de Justiça norte-americano.


Apple pode lançar novos produtos a 21 de Março
A Apple está a planear o lançamento de novos produtos. De acordo com o portal BuzzFeed, a Apple vai revelar os novos modelos do iPhone e do iPad a 21 de Março, um dia antes da audiência com o Governo norte-americano a propósito do iPhone de San Bernardino.

O novo "smartphone" da Apple, o iPhone SE, terá sensivelmente o mesmo tamanho do iPhone 5s, contará com um ecrã de 4 polegadas e um "chip" mais rápido. O SE terá ainda o Apple Pay, serviço de pagamentos móveis da marca.

Ver comentários
Saber mais Apple iPhone Nova Iorque terrorismo narcotráfico San Bernardino
Outras Notícias