Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Livros electrónicos presenteados com novo leitor da Amazon

Tem uma capacidade de armazenamento sete vezes maior do que o seu antecessor, uma bateria que dura até duas semanas e chega com uma nova característica: se quiser, lê-lhe os livros, revistas e jornais em voz alta. Chama-se Kindle 2 e foi hoje lançado pela Amazon.com, a maior retalhista da Internet.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 09 de Fevereiro de 2009 às 18:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Tem uma capacidade de armazenamento sete vezes maior do que o seu antecessor, uma bateria que dura até duas semanas e chega com uma nova característica: se quiser, lê-lhe os livros, revistas e jornais em voz alta. Chama-se Kindle 2 e foi hoje lançado pela Amazon.com, a maior retalhista da Internet.

A nova versão deste leitor de livros electrónicos (e-books) é mais rápida e mais fina do que a anterior e vai custar 359 dólares (277,5 euros) – que é exactamente o mesmo preço do Kindle original, salienta a Bloomberg. O Kindle 2 começará a ser entregue a partir de 24 de Fevereiro.

No próximo ano, o Kindle poderá representar 4% das receitas da Amazon.com, segundo o analista Mark Mahaney, do Citigroup, citado pela Bloomberg. O aparelho permite aos utilizares descarregarem a maioria dos “best-sellers” - por 9,99 dólares (7,72 euros) – para o ecrã de alta resolução, com fundo branco e letras a negro, imitando assim os livros de papel.

O Kindle 2 pode guardar mais de 1.500 livros, contra os 200 que podem ser armazenados pelo modelo original. Actualmente, segundo a Bloomberg, a Amazon.com tem disponíveos para venda mais de 230.000 livros destinados ao suporte Kindle. Os utilizadores também podem fazer o “download” dos principais jornais e revistas de todo o mundo, bem como de mais de 1.200 “blogs”.

O escritor Stephen King está prestes a lançar um livro, intitulado “Ur”, para exclusiva distribuição no Kindle, anunciou a retalhista “online”, citada pela Bloomberg.

Quem desejar fazer uma pré-encomenda, pode fazê-lo em http://www.amazon.com/kindle2. Mas o facto de a Amazon não ter descido o preço deste aparelho poderá desencorajar uma corrida em massa à compra do Kindle 2. “O novo Kindle constitui uma melhoria, mas o preço a que é vendido mostra que a Amazon não está a actuar de forma agressiva para popularizar o aparelho”, comentou à Reuters um analista da Bernstein Research, Jeffrey Lindsay.

Segundo as informações no “site” da Amazon sobre o novo produto, será possível descarregar livros em menos de 60 segundos e as páginas viram mais depressa nesta versão.

De acordo com a “CNN.Money”, de vento em popa vão também as vendas do leitor electrónico de livros comercializado pela Sony. Além disso, avança a mesma fonte, vários executivos deste sector declararam que estão a caminho mais aparelhos do género, numa altura em que os “e-books” começam a ganhar cada vez mais fãs, especialmente junto das pessoas que têm de viajar frequentemente de avião, carro ou transportes públicos.

Ver comentários
Outras Notícias