Tecnologias Lucros semestrais da Novabase sobem 16% para 1,6 milhões

Lucros semestrais da Novabase sobem 16% para 1,6 milhões

A Novabase registou 1,6 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, uma subida de 16%. Receitas cresceram 8%, impulsionadas pelo mercado português.
Lucros semestrais da Novabase sobem 16% para 1,6 milhões
Pedro Curvelo 25 de julho de 2019 às 16:55
A Novabase obteve 1,6 milhões de euros de lucro nos primeiros seis meses deste ano, o que traduz uma subida homóloga de 16%, indicou esta quinta-feira a tecnológica liderada por João Nuno Bento.

A faturação cresceu 8%, atingindo os 74,7 milhões de euros, com os mercados internacionais a aumentarem o volume de negócios em 2%, para 37,9 milhões, enquanto o mercado nacional registou uma subida de 15%, ascendendo a 36,8 milhões de euros.

A Novabase destaca que a área Next-Gen, com tecnologias mais recentes como a Inteligência Artificial, Internet das Coisas ou Cloud, aumentou a faturação 14% em termos homólogos e já pesa 55% no volume de negócios total.

O EBITDA cifrou-se em cinco milhões de euros, mais 52% do que um ano antes. Contudo, excluindo o efeito positivo da norma de relato financeiro IFRS 16, que foi de 1,3 milhões, o crescimento homólogo situou-se em 13%, para os 3,7 milhões de euros.

O número médio de colaboradores passou dos 2.044 em junho de 2018 para os 2.247, mais 10%, assinala a empresa.

João Nuno Bento indicou, na apresentação dos resultados e do plano estratégico da empresa, que "a transformação que está a ocorrer na Novabase" leva a que possa haver "alguma volatilidade nos resultados". Assim, justificou, a empresa prefere não apresentar previsões para os resultados deste ano. "Preferimos manter o foco nos resultados de longo prazo", sustentou.

O CEO da tecnológica sublinhou, contudo, que as estimativas incluídas no plano estratégico apontam para que os acionistas tenham uma remuneração de 1,5 euros entre 2019 e 2023.

(Notícia atualizada às 18:23 com mais informação)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI