Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Apple aumentam 36% com vendas do Mac

A Apple anunciou um aumento no lucro de 36% no segundo trimestre do seu ano fiscal, terminado a 29 de Março, impulsionada pelo aumento de clientes no segmento dos computadores pessoais Macintosh.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 23 de Abril de 2008 às 21:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Apple anunciou um aumento no lucro de 36% no segundo trimestre do seu ano fiscal, terminado a 29 de Março, impulsionada pelo aumento de clientes no segmento dos computadores pessoais Macintosh.

O resultado líquido da tecnológica subiu para 1,05 mil milhões de dólares, ou 1,16 dólares por acção, contra 770 milhões (87 cêntimos por acção) um ano antes, refere o comunicado da empresa.

O volume de negócios ascendeu a 7,51 mil milhões de dólares, o que representa um aumento de 43% face ao período homólogo de 2007.

Os analistas estimavam um lucro de 1,06 milhões e receitas de 6,96 mil milhões.

A Apple vendeu 2,29 milhões de Macs, sustentada pela procura de "notebooks", tais como o ultrafino MacBook Air, anunciado pelo CEO Steve Jobs em Janeiro. O Mac é responsável por um terço das vendas.

"Estamos a assistir a este ressurgimento dos Mac por causa do ‘sex appeal’ da marca", comentou à Bloomberg um analista da Booz Allen Hamilton, Barry Jaruzelski. "O MacBook Air é uma novidade suficientemente boa para levar as pessoas às lojas da Apple", acrescentou.

A Apple prevê vendas no valor de 7,2 mil milhões de dólares para o actual trimestre, com os lucros a ascenderem a um dólar por acção. Os analistas inquiridos pela Bloomberg tinham estimado para o terceiro trimestre receitas no mesmo valor e um lucro de 1,1 dólar por acção.

As projecções da Apple ficaram sempre aquém das estimativas dos analistas em oito dos nove trimestres passados. No entanto, a empresa acabou por superar sempre as suas próprias previsões.

Ver comentários
Outras Notícias